JornalCana

Cuidados para período de maturação da cana

Afinal, é o processo fisiológico que envolve a formação de açúcares e seu deslocamento e armazenamento no colmo

O produtor de cana-de-açúcar tem motivos para estar otimista para a próxima safra. Se no ciclo 2021/22 ele enfrentou um período grande de seca e de fortes geadas, na safra 2022/23 o setor já vem demonstrando sinais de recuperação que devem se sustentar para a temporada seguinte, que se inicia no próximo mês de abril.

De acordo com a consultoria StoneX, a moagem de cana–de-açúcar no Centro-Sul do Brasil em 2023/24 (abril/março) foi estimada em 583,2 milhões de toneladas, aumento de 4,6% ante a temporada anterior, à medida que o setor mantém uma recuperação da produtividade. A recuperação na produtividade dos canaviais na mesma região tende a continuar, com alta de 4,2% em relação a 2022/23.

Neste início de ano, é importante para o produtor voltar sua atenção para a maturação do canavial, já que, entre todas as fases da cana-de-açúcar, essa é uma das etapas que exige bastante atenção. Afinal, é o processo fisiológico que envolve a formação de açúcares e seu deslocamento e armazenamento no colmo, o que vai resultar em uma maior produção de açúcar e etanol.

LEIA MAIS > Preços do açúcar tiveram alta em fevereiro

Raíza Machado

Para que os agricultores obtenham auxílio e alcancem o manejo nutricional perfeito dessa fase tão decisiva, é de extrema importância que façam uso de macro e micronutrientes que, quando formulados de maneira balanceada, são responsáveis pelo aumento da atividade fotossintética da cana-de-açúcar, atuando no transporte e no armazenamento de açúcares durante o fechamento do ciclo e promovendo o aumento do ATR.

Formulações contendo potássio (K), responsável pela atividade enzimática da planta; magnésio (Mg), que favorece o processo de fotossíntese; boro (B), elemento estrutural e de fundamental importância no transporte de sacarose; enxofre (S), responsável pela formação de proteína, e fósforo (P), que tem papel imprescindível na atividade energética da planta, favorecem essa etapa fisiológica e, consequentemente, contribuem para os ganhos de produtividade.

LEIA MAIS > Valor da Produção Agropecuária é previsto em R$ 1,249 trilhão para 2023

Os produtores têm à disposição soluções modernas e eficientes, para obter o apoio por meio da nutrição foliar de todos os nutrientes necessários ao longo do ciclo de desenvolvimento da cana. A adoção de novas tecnologias é fundamental ao produtor que busca se destacar e alcançar a máxima produtividade, e os maturadores nutricionais são tecnologias inovadoras, respaldados por pesquisas, além de serem ferramentas indispensáveis para alcançar maior produtividade e ganhos industriais.

Raíza Machado é engenheira-agrônoma, especialista em Gestão Comercial e Gerente regional de cana-de-açúcar da Ubyfol.

 

 

 

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram