JornalCana

Evento destaca o papel vital do etanol de milho nas políticas de descarbonização

Representantes do setor e líderes políticos reunidos em Cuiabá destacam o potencial do biocombustível na promoção da sustentabilidade energética

Durante a cerimônia de abertura da 1ª Conferência Internacional UNEM DATAGRO sobre Etanol de Milho, realizada nesta quinta-feira (21) em Cuiabá – MT, líderes do setor e autoridades políticas enfatizaram a importância do etanol de milho como componente essencial das políticas de descarbonização e sustentabilidade.

Plinio Nastari, presidente da DATAGRO, destacou que o etanol de milho complementa de forma significativa o etanol de cana-de-açúcar, desempenhando um papel crucial no desenvolvimento integrado do país.

Guilherme Nolasco, presidente-executivo da União Nacional do Etanol de Milho (UNEM), ressaltou o aumento da produção nacional desse biocombustível, particularmente em Mato Grosso, onde se estima uma produção de 6,3 bilhões de litros na safra atual.

LEIA MAIS > Bioeletricidade gerada com bagaço cresce 14% em 2023

Diversos representantes do cenário político brasileiro, incluindo senadores, deputados e secretários estaduais, reconheceram o potencial do setor agrícola brasileiro em impulsionar a produção de bioenergia de forma sustentável. Arnaldo Jardim, deputado federal e vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), destacou o crescimento da produtividade agrícola do país e a capacidade dos produtores brasileiros de contribuir ainda mais para a segurança energética global.

A conferência, que visa a estimular o debate sobre o futuro do setor, destaca não apenas a importância econômica do etanol de milho, mas também seu papel na transição para uma matriz energética mais limpa e sustentável. O evento reuniu uma ampla gama de stakeholders, incluindo representantes do setor privado, organizações agrícolas e instituições de pesquisa, para discutir estratégias e oportunidades para o crescimento contínuo do setor de biocombustíveis no Brasil.

O encontro, que visa a promover uma abordagem integrada e colaborativa para o desenvolvimento do setor de biocombustíveis, marca um importante passo rumo a uma economia mais sustentável e resiliente. Com o apoio de líderes do setor e decisores políticos, o Brasil está bem-posicionado para consolidar sua posição como um dos principais produtores e exportadores de biocombustíveis do mundo.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram