fbpx
JornalCana

Coaf passa a emitir CBIOs também pelo anidro após nova certificação da ANP

O percentual é superior ao proposto até que no Projeto de Lei (PL 3.149/2020), matéria em tramitação na Câmara Federal

A produção de etanol anidro da Usina da Cooperativa Agroindustrial dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (Coaf-Timbaúba), nesta segunda-feira (2), passou a ser computada para a emissão de Crédito de Descarbonização (CBIOs).

A certificação foi realizada pela Agência Nacional de Petróleo (ANP).

O órgão já havia certificado o etanol hidratado da unidade anteriormente. A Coaf é uma das poucas usinas no Brasil a pagar 100% de CBIOs aos fornecedores de cana.

O percentual é superior ao proposto até que no Projeto de Lei (PL 3.149/2020), matéria em tramitação na Câmara Federal desde que foi sugerida pela Federação dos Plantadores de Cana do Brasil ao então deputado Efraim Filho (DEM-PB).

LEIA MAIS > Açúcar brasileiro representará 22,8% da produção global do alimento na safra 2023/24

“Essa é a nossa terceira certificação em pouco tempo. Poucas usinas têm esse número de certificações. Desmistifca, inclusive que dizem a maioria delas sobre a dificuldade de certificar os canavieiros. Complexo é, mas também bem possível, sobretudo porque isso é indispensável para elevar a nota da unidade no RenovaBio e assim aumentar os ganhos com os CBIOs. Para isso, é preciso o trabalho na qualificação nos canaviais relativa ao mapeamento e às questões ambientais. Isso ajuda a melhorar a nota dada pela ANP sobre tais critérios, o que remunera melhor”, diz Alexandre Andrade Lima, presidente da cooperativa e da Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco.

A Coaf deve fabricar 15 milhões de litros de anidro até o final da safra. O que já foi produzido antes da certificação não será computado para os CBIOs. Tudo depois da certificação entrará. Os cooperados recebem 80% dos CBIOs do exercício de 2023 no começo de 2024 e os outros 20% restantes na partilha das sobras do exercício.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram