fbpx

Socicana cria linha de crédito rural para produção sustentável

Objetivo é atender agricultores que investem em boas práticas agrícolas

A Associação dos Produtores de Cana de Guariba – SP (Socicana) divulgou que estabeleceu parceria com o Sicoob Coopecredi para uma nova linha de crédito ao produtor. O Crédito Rural Verde vai atender, com juros mais baratos, produtores de cana-de-açúcar que fazem parte de programas ou certificações ambientais.

Esta é a primeira vez que uma associação do setor une-se a uma cooperativa de crédito para a criação deste tipo de produto. “O objetivo é reconhecer a dedicação de agricultores que investem tempo e recursos financeiros em práticas agrícolas sustentáveis. Como benefício, os juros desta linha são até 20% mais baixos para o custeio da produção e da renovação do canavial”, explicou a associação.

Para ter acesso ao Crédito Rural Verde, o produtor de cana-de-açúcar, associado da Socicana, deve fazer parte de algum dos programas de desenvolvimento sustentável da associação, como Top Cana (programa próprio), certificação Bonsucro ou RSB (Roundtable on Sustainable Biomaterials). O agricultor deve também ser associado ou associar-se ao Sicoob Coopecredi.

LEIA MAIS > Ao vivo! Como as mudanças na Petrobras afetam o setor

“Com esta nova linha de crédito, estamos estimulando as boas práticas de produção, ao mesmo tempo em que o agricultor está obtendo um benefício por meio do crédito mais barato. Além disso, percebemos que, nas relações comerciais, há uma disposição do mercado em reconhecer parceiros de negócios que possuam ações de responsabilidade socioambiental. Então, para o nosso produtor, é importante fazer parte de programas e certificações como Top Cana, Bonsucro e RSB”, afirmou Francisco Antonio de Laurentiis Filho, presidente da Socicana.

Os produtores certificados pela Bonsucro confirmam os bons resultados em sua propriedade, como o caso de Paulo de Araújo Rodrigues. “Esta iniciativa da Socicana e Coopecredi, além de reconhecer os produtores que utilizam boas práticas, poderá ser uma ferramenta para acelerar a certificação dos produtores em nossa região. Tanto a captação de recursos como o financiamento rural verde irão impactar positivamente as finanças dos produtores habilitados”, afirma.

José Luis Bracciali, que atua na região de Taquaritinga – SP e é certificado pela RSB, afirma que a certificação leva melhorias à propriedade, mas é preciso dar continuidade às práticas sustentáveis. “É trabalhoso, mas é positivo, pois você melhora a gestão. Com a certificação, você organiza a propriedade e atende às leis: trabalhistas, ambientais, sociais. O Crédito Rural Verde é um benefício, uma oportunidade. No meu caso, o financiamento será interessante para plantio”, ressalta.

LEIA MAIS > Saiba quem são os quatro interessados na Usina São Fernando

Rafael Bordonal Kalaki, superintendente da associação, lembra que a busca por benefícios para o quadro social, em diversas frentes, faz parte da rotina de trabalho na Socicana. Ele chama a atenção para o RDC Verde (Recibo de Depósito Cooperativo), um investimento de renda fixa, de baixo risco e com remuneração atraente no longo prazo, em que todos, sendo produtores ou não, podem investir.

Para o diretor operacional do Sicoob Coopecredi, Carlos Eduardo Pinelli, o novo produto trará benefícios para todo o conjunto. “A economia para o produtor será de até 20% em seu custo financeiro em um ano. De uma taxa média de 5%, chegamos a uma taxa que pode ser reduzida para até 4%, de acordo com o estágio de certificação na Socicana”, conclui Pinelli.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X