fbpx
JornalCana

Ricardo Mussa assume presidência do Conselho de Administração da Fundação Raízen

Instituição oferece programas socioeducacionais para crianças e adolescentes por todo o Brasil

Ricardo Mussa, CEO da Raízen, foi eleito novo presidente do Conselho de Administração da Fundação Raízen — Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) sem fins lucrativos, que visa desenvolver crianças e adolescentes, impulsionando autonomia, protagonismo e cidadania, por meio de uma rede de negócios comprometida com o futuro.

Atualmente, cerca de 1.500 crianças e adolescentes são atendidos pela Fundação Raízen por meio dos programas Ativa Infância e Ativa Juventude, em 20 municípios espalhados pelo Brasil. No último ano-safra (2021-2022), mais de 10 mil pessoas foram beneficiadas direta e indiretamente pelas ações da Instituição.

“A Fundação Raízen atua em linha com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU e oferece educação de qualidade para crianças e jovens, promovendo oportunidades de aprendizagem. A Raízen, sua principal mantenedora, se comprometeu a impulsionar ações em educação em 100% dos territórios em que a companhia opera por meio de programas da Fundação Raízen até 2030″, explica a entidade.

LEIA MAIS > Protocolo Agroambiental “Etanol Verde” chega ao seu 15º ano

Eleito para ocupar o cargo de presidente do Conselho da Instituição, Ricardo Mussa é CEO da Raízen desde o início de 2020. Formado em engenharia de produção pela Universidade de São Paulo, foi um dos fundadores e CEO da Radar, empresa dedicada ao investimento em terras agrícolas com alto potencial de valorização, além de membro do Conselho de Westchester, empresa do TIAA CREF responsável por investimentos agrícolas nos EUA, Europa e Austrália. Em 2014, assumiu a presidência da Cosan Lubrificantes e, posteriormente, se tornou CEO da Moove Lubrificantes, empresa com atuação em seis países, na Europa e América Latina.

Segundo a entidade, o seu Conselho de Administração tem entre suas atribuições o compromisso de zelar pelos valores e propósitos institucionais da organização — voltados a garantir os direitos de crianças e jovens em regiões menos favorecidas, possibilitando inserção social, formação educacional e cultural, e fortalecimento de vínculos familiares e comunitários.

Os atuais membros do Conselho de Administração da Fundação Raízen são indicados pela Raízen para mandatos de três anos, sendo permitida a reeleição. Na instância destaca-se a presença de dois membros independentes, como conselheiros consultivos, aportando conhecimento adicional, em linha com as melhores práticas de atuação.

 

 

 

 

 

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram