fbpx

Pesquisa em cana-de-açúcar na Ufal recebe apoio financeiro

A pesquisa em cana-de-açúcar, no Estado de Alagoas, recebeu recursos do setor sucroalcooleiro, do Ministério da Ciência e Tecnologia, do Banco do Nordeste, entre outras empresas e instituições. Devido a esse apoio financeiro, o Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Alagoas (Ceca/Ufal) ampliou a estrutura do Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-Açúcar (PMGCA), construindo novos laboratórios, alojamentos e salas de estudo. O investimento total é de R$ 3 milhões, dos quais, R$ 1 milhão provém do convênio entre a Ufal e usinas.

A inauguração das novas instalações aconteceu na sexta-feira, 17 de fevereiro, com a presença da reitora da Universidade, Ana Dayse Dórea, do assessor técnico do Sindaçúcar-AL, Cariolando Guimarães e de técnicos da Ufal e das usinas. A estação experimental da Serra do Ouro, em Murici, recebeu investimento de R$ 1 milhão, do Ministério da Ciência e Tecnologia, para ampliação de sua estrutura e construção de um laboratório para estudo de cromossomos da cana e beneficiamento de sementes. A sede do Ceca, em Rio Largo, teve ampliação de salas de aula de vários laboratórios, entre eles, os de fitopatologia, solos, fisiologia, biotecnologia e genética molecular.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X