fbpx

“Governo precisa, urgente, destravar medidas de socorro às empresas”

Afirmação é de Luis Carlos Junior Jorge, presidente do CEISE Br

Faturamento da indústria cresce, mas recuperação depende da liberação de crédito

O faturamento da indústria cresceu 11,4% em maio na comparação com abril, depois de dois meses de fortes quedas, em decorrência da baixa atividade econômica em todo o País. A informação é da Confederação Nacional da Indústria (CNI)

A entidade destaca ainda que o crescimento não foi o suficiente para cobrir as perdas anteriores, e que a utilização da capacidade instalada segue abaixo dos 70%.

Diante do resultado, Luis Carlos Junior Jorge, presidente do Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis (CEISE Br), reforça que o governo precisa, urgente, destravar medidas de socorro às empresas.

LEIA > Pandemia acelera necessidade de transformação digital das usinas. Saiba o que fazer

“Programas para facilitar o acesso ao crédito já foram criados pelo governo, no entanto poucos empresários conseguiram captar. Por parte dos bancos, exigência de garantias, burocracia e custo elevado têm inviabilizado a tomada das linhas de financiamento”, afirma.

Luís Carlos Junior Jorge é presidentre do CEISE-Br

Para ele, é provável que a retomada seja lenta visto que o cenário econômico pós-pandemia ainda é incerto e as indústrias estão no limite. “Muitas estão demitindo em massa e outras até encerrando suas atividades. As empresas necessitam de medidas compatíveis com a sua realidade financeira, para que possam manter a produtividade e preservar empregos”, declara o presidente do CEISE Br.

O executivo citou ainda um levantamento feito pelo Ministério da Economia que revela que “apenas 17% dos recursos anunciados em programas de financiamento lançados ou regulamentados pelo governo foram desembolsados até agora. Dos quase R$ 70 bilhões anunciados para quatro grandes linhas, apenas R$ 12,1 bilhões foram executados”.

 

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

17 + treze =

X