fbpx

Formiga cortadeira gera prejuízos no Paraná

A saúva, formiga cortadeira pertencente ao gênero Atta, está preocupando os produtores de cana do noroeste do Paraná. A incidência da praga, que destroi pastagens, lavouras de cana-de-açúcar e florestas de eucalipto, é grande no município de Umuarama, a 581 quilômetros de Curitiba.

O último levantamento realizado pelo Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), realizado em 2003, indicava a presença das formigas em 52 mil hectares na região noroeste. Hoje, além de Umuarama e sua regional, composta por 32 municípios, as microrregiões de Maringá, Paranavaí e Campo Mourão também sofrem com o ataque das saúvas.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X