fbpx

Cobertura Fenasucro/AgroCana: Smar, líder brasileira em automação, oferece solução para medição de nível

Depois do sucesso alcançado nos testes, o RD400, transmissor de nível por ondas guiadas da Smar, já está disponível para o mercado, e será divulgado durante a XV Fenasucro & V Agrocana, de 18 a 21 de setembro no Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho, interior de São Paulo.

No mundo todo, a variável mais medida em processos industriais de qualquer natureza é o nível, cuja tecnologia de medição necessita de constante aperfeiçoamento. Os radares de onda guiada são a mais nova opção para medição e transmissão de nível existente no setor de automação. A Smar, seguindo essa necessidade do mercado, lançou o RD400, radar de ondas guiadas para medição de nível em processos industriais em geral.

Essa tecnologia começou a ser usada no mercado de automação industrial há 20 anos, mas seu conceito já vem sendo aplicado nas telecomunicações, construção civil, agricultura e outras áreas desde a década de 70. Atualmente, no mercado mundial, os radares de onda guiada se encontram em uma fase de maturidade, com crescimento anual de 10,3% até 2009, segundo informações da ARC Advisory Group.

O RD400 da Smar baseia-se no princípio da Reflectometria pelo Domínio do Tempo (TDR), em que ondas eletromagnéticas são guiadas por sondas imersas no processo, sem perda de potência, até encontrarem a sua superfície, retornando o valor da variável. O tipo e a dimensão da sonda variam conforme as condições de cada processo, garantindo uma medição precisa do nível.

Muitos segmentos industriais têm mostrado grande interesse pela aquisição dessa tecnologia, e com a indústria sucroalcooleira não é diferente. Seu potencial para as medições com radar tipo TDR é muito grande, já que a maior parte dos processos contém água, caldo de cana, mosto, entre outros elementos que proporcionam boas reflexões das ondas ao equipamento.

Segundo o gerente de produto Marcus Vinicius Silva, desde o período de testes finais em campo, várias usinas já puderam acompanhar a eficácia da medição por ondas guiadas frente às outras tecnologias existentes. “Medidores tipo TDR podem ser até 20 vezes mais eficazes que os de ondas livres, por não sofrerem a mesma quantidade de interferências de falsos ecos, muito comuns em ultra-sons ou nos radares de não-contato. Além disso, o RD400 oferece a facilidade de instalação em topo, não sendo necessário acessar o fundo de reservatórios subterrâneos ou que apresentem acesso limitado”, ressaltou.

Esta e outras vantagens do RD400 foram comprovados em vários casos de sucesso, como as aplicações na Cia. Energética Santa Elisa, de Sertãozinho, SP, Usina Caeté, em São Miguel dos Campos, AL, e Usina JPilon, em Cerquilho, SP.

Na Santa Elisa, o radar foi instalado em uma dorna de fermentação. Aplicação esta que, segundo Marcus Vinicius, sempre ofereceu empecilhos para a medição real do nível do mosto, por haver presença de espuma, variação de densidade e agitação do processo. Com o RD400, em uma instalação especial feita em parceria com a Cia. Energética, a medição do nível agora está trazendo os resultados reais esperados.

Na usina Caeté, o RD400 está medindo o nível de uma das aplicações mais críticas da planta, o nível das turbinas de condensação do gerador, considerado o coração de todo o processo, responsável pelo aproveitamento e balanço energético da usina. Na JPilon, a aplicação é no nível de efluentes (água de descarga da caldeira, águas residuais de destilação e lavagem da fábrica de açúcar). Os efluentes – sejam eles industriais ou biológicos – possuem água, cuja constante dielétrica é alta, o que faz com que as microondas sofram excelentes reflexões, proporcionando uma medição precisa e eficaz.

O sucesso de aplicações em açúcar e álcool, assim como em outros segmentos, mostra o potencial do RD400 para a medição de nível. “É cada vez maior o interesse e a necessidade de usuários da indústria em geral sobre esse tipo de tecnologia. A Smar, parceira há 33 anos do setor sucroalcooleiro, oferece essa novidade, mantendo-se na vanguarda da automação industrial”, conclui Marcus.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X