fbpx

Brasileiros mostram produto na Biofach, na Alemanha

Começa na próxima quinta-feira e vai até o dia 19 mais uma edição da BioFach, a maior feira de negócios do setor orgânico internacional, que acontece na cidade de Nuremberg, na Alemanha. São esperados mais de 30 mil visitantes e mais de dois mil expositores de diferentes países.

Pela quarta vez, o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) estará presente, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), que levará este ano para o pavilhão do Brasil 15 agricultores de agroindústrias familiares que produzem orgânicos.

Para o coordenador-geral de Planejamento e Implementação de Projeto em Agroindústria da SAF/MDA, José Batista, a participação destes agricultores é importante pois é a oportunidade para consolidar negócios, para aqueles que foram no ano passado, e abrir as portas para os novos participantes.

– O MDA apóia pensando nisso: abrir as portas para o mercado internacional – diz.

Segundo Batista, coordenador do grupo que irá para a feira, os agricultores foram selecionados a partir de critérios como produto com certificado internacional, capacidade de exportação e qualidade dos produtos. Para este ano, os produtores rurais levarão produtos como castanha do Pará, frutas secas, suco de laranja, polpa de manga, de goiaba e açaí, cupuaçu, cachaça, açúcar, melado, óleo de babaçu orgânico, soja, trigo, milho, doces em calda e desidratados, chá verde e café orgânico, entre outros.

O Ministério investiu cerca de R$ 149 mil no estande na Biofach, que ocupará aproximadamente 59 metros quadrados, dentro do Pavilhão Brasil, além do custo das passagens dos agricultores e dos gastos com o transporte dos produtos expostos. A Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT) do MDA, também está apoiando a ida dos representantes de organizações de produtores brasileiros à feira.

Na bagagem, o MDA também levará um folder e um catálogo especialmente produzidos para a feira. Na última edição da Biofach, o Brasil vendeu cerca de R$ 100 milhões. Para os agricultores familiares que foram à Nuremberg em 2005, participar da maior vitrine de negócios do setor orgânico internacional trouxe resultados importantes. Para o agricultor familiar Willian da Rocha, da agroindústria Novocitrus, de Pareci Novo (RS), é grande a expectativa para participar da Biofach deste ano e apresentar seus produtos orgânicos ao mercado europeu e concretizar negócios iniciados na edição de 2005.

– Vamos levar para a feira seis sabores de geléias sem açúcar, mais quatro tipos com açúcar mascavo, além dos sucos integrais de tangerina e laranja – diz Rocha.

A Novocitrus, após a participação na Biofach de 2005, iniciou alguns contatos para comercialização em países europeus, como para a França. Além disso, outras empresas demonstraram interesse e estão em contato para exportação de suco de tangerina para outros países da Europa. Rocha explica que por trás da Novocitrus está o trabalho de 11 famílias de agricultores familiares em que processa a matéria prima e se comercializa os produtos.

– Estamos nos adequando para poder exportar. Nossa previsão é de que até abril possamos ter cumprido as metas exigidas para a exportação. Temos que fazer o máximo para representar bem o Brasil – finaliza.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X