fbpx

Brasil Ecodiesel muda oferta depois de pressão

A Brasil Ecodiesel, companhia que pretende se tornar a maior produtora brasileira de biodiesel, alterou as condições da oferta pública inicial de ações feitas ao mercado brasileiro. Agora, os pequenos investidores poderão cancelar as reservas de ações, se quiserem, até o dia 21.

A empresa é a grande vedete do programa de biodiesel, lançado pelo governo Lula. Para avançar no negócio busca capital para tocar o plano de produção.

Dúvidas sobre a identidade dos sócios da companhia geraram uma reação dos pequenos investidores na semana passada. Muitos buscavam cancelar as reservas de compra, segundo informou o Valor Econômico.

Os investidores questionaram sobre a participação do ex-controlador Daniel Birmann no negócio – que tem contrato para cessão de capacidade industrial para os próximos anos à Brasil Ecodiesel – além de dúvidas sobre um sócio desconhecido, a Eco Green Solutions, que detém 47,7% do capital.

A empresa decidiu na sextafeira ampliar as informações sobre a saída do ex-controlador Daniel Birmann. O prospecto definitivo sobre as condições da oferta pública inicial de ações deverá manter sob sigilo, entretanto, a identidade dos controladores da Eco Green Solutions.

A única informação que se sabe sobre esse sócio é de que se trata de uma holding com sede no Estado norte-americano de Delaware. A holding é controlada por uma trust, a BT Global Investment Fund, que tem sede nas Ilhas Cayman.

A mudança da oferta alterou também a data de estréia da ação da Brasil Ecodiesel na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). A negociação dos papéis no mercado de capitais começaria hoje, mas foi alterada para o dia 22. Será esta também a data de liquidação ou pagamento pelo controle das ações.

A Brasil Ecodiesel definiu ainda o valor de cada ação. Ficou bem abaixo da previsão inicial que oscilava entre R$ 17 e R$ 22 por ação. Isso reduzirá o volume de capital da companhia.

O valor da ação ficou em R$ 12, o que dará a captação de R$ 378,9 milhões. A companhia, também ontem, lançou o lote suplementar com 4,736 milhões de ações. O prazo para reservas do lote termina no dia 11 de dezembro. A liquidação da operação de compra deste lote é o dia 14 do próximo mês.

Os investidores que acolheram a oferta não correm apenas o risco de não conhecer o principal sócio da empresa. O modelo de negócio da Brasil Ecodiesel é ancorado ainda numa grande expectativa de evolução do mercado de biodiesel. É um plano ousado.

Até o fim do próximo ano, a Brasil Ecodiesel terá de entregar à Petrobrás 488 milhões de litros de biodiesel, volume vendido em leilão realizado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). Por lei, a partir de 2008 as distribuidoras serão obrigadas a misturar 2% de biodiesel no diesel vendido no Brasil.

Em 2013, a mistura obrigatória sobe para 5%.

A Brasil Ecodiesel terá de criar em menos de um ano estrutura industrial para a produção de pelo menos 500 milhões de litros do combustível vegetal. Há um ano do prazo final da entrega do lote, tem capacidade de 10% do que precisa produzir. Segundo Arlindo Pereira, diretor da empresa, a companhia tem duas unidades em operação (Floriano-PI e CrateúsCE). Há uma terceira em fase final de montagem, em Iraquaru (BA). Ainda de acordo com o diretor, há outras três unidades em fase inicial de montagem no Porto de Itaqui (MA), Porto Nacional (TO) e Rosário do Sul (RS).

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X