fbpx

BNDES vai financiar energia eólica com R$ 465 milhões

A diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou um financiamento de R$ 465 milhões para a Ventos do Sul Energia S.A, destinado à instalação de três parques eólicos, no município de Osório, no Rio Grande do Sul.

O projeto terá capacidade de geração de energia elétrica de 150 megawatts (MW) – cada parque com 50 MW – o que o tornará o maior do Brasil e o segundo do mundo. Durante a construção serão gerados 500 empregos diretos.

O crédito do Banco corresponde a 69% do valor total do investimento, sendo R$ 105 milhões liberados diretamente pelo BNDES e os outros R$ 360 milhões repassados através de um consórcio de bancos, formado pelo Banco do Brasil, Santander, ABN Amro Real, BRDE Caixa do Rio Grande do Sul e Banrisul.

O projeto do parque eólico de Osório, realizado no âmbito do Programa de Apoio Financeiro a Investimentos em Fontes Alternativas (Proinfa), é o primeiro aprovado pelo BNDES para esse tipo de geração de energia. Atualmente, o Banco tem em carteira outros sete projetos eólicos, que somam investimentos totais de R$ 1,4 bilhão com previsão de financiamento de R$ 821,4 milhões.

O Proinfa contempla três fontes alternativas de energia – a biomassa, a eólica e as pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) – consideradas uma opção de geração ambientalmente correta. Na primeira fase do Proinfa foram ofertados 3,3 mil MW de potência, igualmente distribuídas entre PCH, eólica e biomassa, com entrada em operação prevista para dezembro de 2006.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X