fbpx

Saiba quanto as usinas do Grupo Guarani moerão na 15-16

De acordo com Jacyr da Silva Costa Filho, diretor geral do Grupo Guarani, que é controlado pelo Grupo Tereos, as unidades devem moer…

… 20 milhões de toneladas. Valor aproximado ao da safra passada, segundo o executivo. “Em janeiro tínhamos uma expectativa agrícola menor, mas tivemos boas chuvas de maio a setembro que embora afetaram o teor de açúcar da cana, mantiveram a produtividade agrícola”, comenta Costa Filho. Segundo ele a safra deve encerrar no dia 30 de novembro, findando a partir da unidade Cruz Alta, localizada no município de Olímpia (SP).

Leia mais: Tereos aguarda repasse de R$ 250 mi da Petrobras à Guarani

Jacyr Costa Filho, diretor da Tereos
Jacyr Costa Filho

“De um modo geral os fatores climáticos afetaram a produção principalmente nas regiões do Mato Grosso do Sul e Paraná, que sofreram interrupções na colheita devido ao grande volume de chuvas.

Açúcar e etanol

Avaliando a safra no Centro/Sul, Jacyr ressalta que o período começou com o cenário de preços de açúcar deprimido e uma perspectiva de etanol positiva. “Por conta disto, os produtores visaram mais a produção de etanol, tornando a safra mais alcooleira. A partir do mês de agosto, com a desvalorização do real, o açúcar voltou a ficar interessante, mas infelizmente no final da safra”, explica.

Leia mais: Bolsa dá prazo para a Tereos, das usinas de cana Guarani

Palha

“Já colhemos parte da palha para cogeração e outra parte deixamos no campo para manter a qualidade do solo”, disse Costa Filho, sobre a prática da colheita da palha que o grupo iniciou no período passado. “O recolhimento da palha foi importante devido os altos preços de energia praticados no País desde 2015 e por ser uma tecnologia que acrescenta boa flexibilidade à produção de energia como fonte adicional ao bagaço da cana-de-açúcar”, concluiu.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X