fbpx

Adeus ano difícil, feliz novo período: aquele que todos queremos e podemos esperar!

Fechando mais um ano em tantos aspectos, e também na colaboração com esse canal e com o público que me lê, fiquei pensando no que falar nesse momento que, para mim, é tão significativo: proximidade com o natal, que tanto gosto; encerramento de fase/ciclo; balanço e planejamento para próximo ano; vontade de encerrar todas as missões com louvor, atendendo às necessidades para aqueles que tenho compromissos profissionais e pessoais; e não enlouquecer com a correria a qual nos impomos naturalmente, talvez fruto da preocupação trazida pela marcha galopante dos últimos dias do ano.

Então resolvi falar, como sempre, naquilo que eu acredito e que eu também gostaria de ouvir de outros, como mensagens lúcidas e positivas, sim, positivas no meio desse sentimento sem nome que nos ronda, por ser um mix de muitos, diante das dificuldades, limitações, impotências e descrédito de tudo.

É difícil ter um olhar novo e translúcido para o que vem à frente. Assumo. Mas na minha fé e na minha forma de olhar a vida, a qual herdei com muito orgulho dos meus pais, não me acho no direito de aderir ao pensamento coletivo vigente. Não por querer simplesmente ser diferente de ninguém, mas por convicção mesmo.

Até porque, e faço questão de ressaltar isso no meio de tanta notícia ruim ou triste, e de cenários pouco animadores, de forma macro, também temos a oportunidade de presenciar e certificar tanta coisa boa e passível de parabenização e exemplo, e que é isso que garante que tenhamos fé num dia após o outro; fé na retomada de ciclos; nas boas intenções; nas pessoas especiais que querem fazer a diferença; em práticas organizacionais de “tirar o chapéu”; nas possibilidades e na lei do universo, da qual norteio a minha vida: de que os que merecem, têm boas intenções, respeitam a todos, são éticos e multiplicadores de bons exemplos e atos honestos e humanos, têm e terão sempre seu lugar ao sol.

A pergunta que temos sempre que fazer é: como estou conduzindo a minha vida e o que tenho feito para tornar tudo isso um cenário melhor para todos? Qual a minha contribuição? Tenho clareza dessa minha obra? Já me apoderei dela e traço minha vida para cumpri-la?

Falando em bons exemplos, em esperança, em acontecimentos bons, em pessoas, profissionais e empresários que têm atitudes e posturas que elevam o nosso grau de crença e expectativa boa, diante do árido cenário o qual nos acostumamos a olhar e aceitar, gostaria de citar algumas situações que merecem ser faladas.

No meio desse imbróglio, vemos empresas que estão prósperas e que nunca deixaram de acreditar e investir nas pessoas, e de querer fazer o melhor por elas, sempre, tendo orgulho do seu quadro como se fossem membros de sua própria família. É pública a informação de que a empresa mineira TRANSPES, de transporte de cargas pesadas, tirou nota máxima em todos os quesitos no processo de validação das 150 Melhores Empresas para se trabalhar, patrocinado pela Você- S.A. Nunca na história dessas premiações, houve um resultado como esse.

Tenho exemplos ao meu lado, de empresas, inclusive de menor porte, em que faço trabalhos de consultoria, e que os donos são exemplos em buscar satisfazer os seus colaboradores e de repartir com eles os louros da vitória, do crescimento e sucesso do negócio. E que preparam, com muito carinho, homenagens de muito obrigado por mais um ano, e que se orgulham de poder conceder a esse grupo um dia especial, uma comemoração à altura dessa rica parceria. E fiz parte disso. E me orgulho muito de levar às empresas as melhores mensagens e recomendações da boa gestão, do bom convívio e do reconhecimento merecido. Essa é minha obra.

Creio no melhor, mesmo em cenários ruins. Creio no ser humano, mesmo que muitas vezes me decepcione com ele. Creio na vida, por ser merecedora dela. Creio na evolução dos modelos de pensamentos e crenças. Creio na mudança. Creio num melhor dia, depois do outro. Creio num ano melhor, depois de um ruim. Creio em mim e nas palavras que dedico a esse texto.

Finalizo mais um ano agradecendo a oportunidade de poder levar a minha palavra a outros. E de poder contribuir e fazer parte de tanta coisa boa. Esse é o meu maior presente!

A vocês, desejo que sempre recebam seus melhores presentes, dentro dos propósitos particulares que têm.

Feliz Natal e Um Ano de 2017 de muitas glórias, alegrias e o privilégio de fazer parte de bons atos, boas práticas e sinais de esperança.

Beatriz Resende

Dra. Empresa- Consultoria Empresarial.

Coerhência- Integrando Negócios & Pessoas.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

Comentários
Carregando...
X