fbpx

VW e Shell planejam produção de álcool na Alemanha

Volkswagen, Royal Dutch Shell e a empresa canadense de biotecnologia Iogen Corp. irão estudar juntas a construção de uma fábrica na Alemanha para produção de álcool, biocombustível que pode reduzir a emissão de dióxido de carbono dos carros em 90 por cento, declarou a Volkswagen no domingo.

As empresas assinaram carta de intenção durante o North American International Auto Show para explorar o projeto.

A Iogen já produz combustível à base de etanol a partir de resíduos agrícolas de cereais.

O etanol, tipo de álcool geralmente obtido por meio de grãos e cana de açúcar, é misturado com gasolina para reduzir as emissões de poluentes de carros e caminhões.

O Brasil é o maior produtor e exportador de etanol do mundo, produzido a partir do plantio da cana. O país já adiciona 25 por cento de álcool à gasolina doméstica e tem sua atenção voltada para os mercados dos Estados Unidos, Japão e Índia, a fim de aumentar suas exportações.

A Agência Internacional de Energia estima que, no cenário mais otimista, o etanol poderá compor 10 por cento da gasolina mundial em 2025.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X