fbpx

Vendas de flex podem chegar a 50% do mercado

As vendas de veículos bicombustíveis, mais conhecidos por flex, não param de crescer. Em 2004, foram vendidos 379 mil carros movidos com mais de um combustível, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). O equivalente a 26% do mercado total de veículos leves nacionais e importados. Mês passado, a participação cresceu novamente: foram 29.497 unidades vendidas, 83% a mais que o mesmo período de 2004, passando para 31%.

As principais montadoras (Volkswagen, GM, Fiat, Ford e Renault) oferecem diversos modelos com a tecnologia flexível. Mas a única que oferece uma motorização popular, de 1.000 cilindradas, é a Volkswagen, com o Fox. Para este ano, entretanto, os fabricantes preparam o lançamento de veículos populares com motor flexível e de outros modelos com motor de mais de 1.000 cilindradas. Quando isso ocorrer, a participação desses veículos poderá chegar à metade do mercado de carros novos.

Em 2003, ano em que a alternativa surgiu no mercado, foram comercializadas 84 mil unidades do gênero, ou 7% do mercado nacional. Nessas estatísticas, estão incluídos os veículos movidos exclusivamente a álcool e os que têm motor flexível. Porém, a participação dos veículos a álcool é de apenas 3% e não tem se alterado. O presidente da Anfavea, Rogelio Golfarb, afirma que a participação de mercado dos veículos flex deve continuar crescendo.

Tendência mundial

Os especialistas afirmam que a busca por alternativas de uso de combustível é uma tendência forte atualmente na indústria em todo o mundo. A Volkswagen foi a primeira a lançar um modelo bicombustível (movido a álcool e a gasolina), em março de 2003. A GM lançou o seu em junho de 2003, na mesma época em que a Fiat. A GM foi a pioneira do tricombustível (álcool, gasolina e GNV), com o Astra Multipower, em 2004. Seguiram-se vários outros inclusive o Vectra 2.2, anunciado recentemente, único bicombustível com esta potência.

A Ford foi a primeira a mostrar o protótipo do motor bicombustível Zetec Rocam, em 2002, mas a última a realmente lançá-lo, no ano passado. A Renault também apresentou o seu modelo flexível em fins de 2004.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X