fbpx

“Vale a pena investir em cooperativa no setor canavieiro de PE”

Afirmação é do deputado Aloísio Lessa

Em visita a Timbaúba (PE) , na usina Coaf, na última semana, o deputado estadual Aloísio Lessa (PSB), autor da lei de incentivo fiscal para a reabertura de usinas sucroenergéticas através de cooperativas de fornecedores independentes de cana, realça a relevância socioeconômica e cultural do segmento para Pernambuco.

O político foi recebido pelo presidente da Coaf, Alexandre Andrade Lima. Além do parque fabril da cooperativa, situada na antiga usina Cruangi, em Timbaúba, reativada desde 2015 por causa dessa legislação, Aloísio ainda visitou os canaviais, inclusive áreas onde antes só existia mato ou nenhuma vegetação. A Coaf é a segunda usina cooperativada por canavieiros em operação no estado de Pernambuco e gera 4,5 mil empregos diretos na fábrica e engenhos dos 800 cooperados.

LEIA MAIS > Governo baiano convida Coaf para instalar usinas na BA como em PE

“Timbaúba e entorno têm recebido investimento intenso dos canavieiros e transformando a realidade socioeconômico da região a partir da sua vocação através da cana por conta da reativação da usina pela Coaf”, destaca Andrade Lima.

O deputado conferiu de perto esse investimento na fábrica e no campo. Ficou entusiasmado ao verificar vários canaviais onde antes não havia nada.

“Há um ano, aqui só havia capoeira, zero vegetação, hoje vejo canaviais vigorosos, mesmo com todo o calor de outubro, devido ao investimento na terra e com irrigação. Vejo aqui um processo econômico e social intenso. Portanto, vale a pena investir em cooperativa no setor canavieiro”, destacou Aloísio.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

5 × cinco =

X