fbpx

Uso de água na cana cai 90% em 14 anos

A água empregada no cultivo da cana-de-açúcar no Estado de São Paulo caiu 90% nos últimos 14 anos. Em 1990, eram usados 5 metros cúbicos do líquido por tonelada da matéria-prima do etanol. Hoje em dia, se usa entre 0,7 a 1,12 metro cúbico, em uma redução de 90%.

Irrigação 2Leia mais: ‘A crise da água e as mudanças climáticas’

As informações foram divulgadas na Agrishow, em Ribeirão Preto (SP), pelos secretários estaduais Arnaldo Jardim (Agricultura e Abastecimento) e Patrícia Iglecias (Meio Ambiente).

Leia mais: Site informa sobre importância da água na agricultura

Segundo o relatório dos secretários, também houve redução da poluição no setor canavieiro paulista em 5,7 milhões de toneladas de gases causadores do efeito estufa. Essa redução corresponde a 100 mil ônibus circulando por ano.

Leia mais: Estudo mostra como reduzir água em usinas

A diminuição dos gases poluentes reflete o avanço da colheita mecanizada da cana, ante o fim da prática de queima.

Leia mais: Irrigação gera mais cana com menos água

Conforme os secretários paulistas, atualmente 90% da colheita da matéria-prima do açúcar no Estado de São Paulo é realizada por máquinas.

Leia mais: Biomassa ajuda a poupar 14% da água nos reservatórios de hidrelétricas em 2014

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X