fbpx

Usinas sucroalcooleiras atingem 91% da capacidade de moagem em MT

No mês de outubro, a moagem da cana-de-açúcar no estado de Mato Grosso atingiu 15,2 milhões de toneladas. De acordo com o Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras do estado de Mato Grosso (Sindalcool/MT), esse montante representa 91% da quantidade esperada para a safra de 2014. A produção de etanol chegou a 968 milhões de litros até este mês e a de açúcar atingiu 391 milhões de toneladas.

Do total produzido de etanol, segundo os dados do Sindalcool, 461 milhões de litros foram de anidro, produto propício à mistura da gasolina, e 507 milhões de litros foram de etanol hidratado, destinado diretamente ao combustível utilizado no carro. Ainda foram produzidos 28 milhões de etanol provenientes de grãos, como o milho e sorgo.

“A safra da cana-de-açúcar correu muito bem e está perto do fim em Mato Grosso”, segundo Jorge dos Santos, diretor executivo do Sindalcool. Ele informa que a colheita e esmagamento da cana pode ocorrer até o dia 20 de dezembro, pois, com o início das chuvas, aumenta a dificuldade em todas as etapas da produção sucroalcooleira.

De março a novembro, a quantidade esperada para ser moída em Mato Grosso é de 16,7 milhões de toneladas. A produção a partir do milho e sorgo continua até março de 2015 e deve chegar a 200 mil toneladas, segundo informações do diretor. Para a cana, o ano que vem ainda é uma incógnita, mas o diretor não prevê crescimentos consideráveis.

“Não acredito em grandes avanços para a próxima safra, porque não temos uma demanda para aumentar a produção no estado. Em decorrência da estiagem deste ano em São Paulo, principal produtor de cana-de-açúcar, pode haver uma quebra na eficiência do estado, e então Mato Grosso poderia evoluir, porque capacidade na indústria para crescer na produção de etanol e álcool nós temos”, concluiu Jorge dos Santos.

Fonte: Portal G1

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X