fbpx
JornalCana

Usinas indicam quebra agrícola de 15% na primeira quinzena de junho

No período, 249 unidades estavam em operação

A quantidade de cana-de-açúcar processada pelas unidades do Centro-Sul na primeira quinzena de junho atingiu 35,96 milhões de toneladas, registrando retração de 14% em relação a moagem verificada em igual período da última safra (41,81 milhões de toneladas).

No acumulado da safra 2021/2022, a moagem totalizou 165,59 milhões de toneladas ante 187,28 milhões de toneladas observadas no ciclo anterior – queda de 11,58%.

“A queda na moagem na quinzena remete a ocorrência de chuvas em algumas regiões do Mato Grosso do Sul, do Paraná e de São Paulo, incluindo Assis, Araçatuba e São Carlos, impactando a operacionalização da colheita”, analisa o diretor técnico da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Antonio de Padua Rodrigues.

Dados apurados pelo Centro de Tecnologia Canavieira para o mês de maio registraram produtividade de 77 toneladas por hectare antes 85,9 toneladas observadas no mesmo período na safra 2020/2021 – retração de 10,4%. No acumulado de abril e maio, o rendimento agrícola da safra 2021/2022 indica queda de 10,6% quando comparado com o mesmo período do último ciclo (76,1 toneladas por hectare ante 85,1 toneladas por hectare).

LEIA MAIS >A consolidação da Usina 4.0

“Números preliminares da primeira quinzena de junho de uma amostra de 28 unidades indicam quebra agrícola de 15%, em comparação com o rendimento das mesmas lavouras no ciclo anterior. Os valores são de uma amostra reduzida, mas apontam que a tendência de menor rendimento deve permanecer”, acrescentou Rodrigues.

A qualidade da matéria-prima colhida na região Centro-Sul na primeira quinzena de junho, mensurada em kg de ATR por tonelada de cana-de-açúcar processada, apresentou aumento de 1,34% na comparação com o mesmo período do último ciclo agrícola, com 138,35 kg de ATR por tonelada colhida. No acumulado desde o início da safra até 16 de junho, o indicador avança 1,23% no Centro-Sul, registrando o valor de 130,48 kg de ATR/t.

Na primeira quinzena de junho, 249 unidades estavam em operação, sendo 241 processadoras de cana-de-açúcar, 5 exclusivas de etanol de milho e 3 usinas flex. Na mesma data da safra 2020/2021, 254 unidades haviam iniciado o processamento de cana-de-açúcar. Para a segunda quinzena de junho, outras 6 unidades devem iniciar a moagem no Centro-Sul.

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram