JornalCana

Usinas farão investimentos para exportar para novos mercados

As usinas do Centro-Sul do país estão prospectando mais investimentos para atender à maior demanda do mercado internacional. Segundo Eduardo Pereira de Carvalho, presidente da Unica (União da Agroindustria Canavieira do Estado de São Paulo), há 13 novos projetos de expansão e novas usinas na região de Araçatuba, interior de São Paulo, uma das principais regiões produtoras de cana do Estado.

Segundo ele, a exportação brasileira de álcool deixou de ser apenas “mercado potencial”, tornando-se negócios concretos.

Neste mês, Carvalho irá para Tailândia, onde fará um seminário de prospecção de negócios para o álcool carburante.

Para Carvalho, a Tailândia poderá se tornar um importante mercado para o álcool e, no futuro, poderá abastecer países asiáticos.

O executivo acredita que o Brasil também poderá sair vitorioso da disputa, na Organização Mundial do Comércio (OMC), contra as políticas de subsídios da União Européia para o açúcar. Segundo ele, caso o Brasil, Austrália e Tailândia ganhem a disputa, o país terá condições de brigar por um mercado de 2 milhões de toneladas de açúcar, que o bloco deixará de exportar no mercado. “O Brasil tem condições de abocanhar 50% deste total”, disse, fazendo uma previsão mais conservadora.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram