fbpx
JornalCana

Usinas Cerradinho e Da Mata obtêm certificação RenovaBio

E já estão aptas a emitir os CBIOs

(Foto: Divulgação)

As unidades produtoras Cerradinho e Da Mata acabam de obter a certificação junto a Política Nacional de Biocombustíveis, o RenovaBio.

A unidade da Cerradinho, localizada em Chapadão do Céu (GO), teve a certificação oficializada nesta quinta-feira (16/01) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O certificado é para etanol hidratado e tem validade até 15 de janeiro de 2023.

Já a certificação da Usina da Mata, com unidade em Valparaíso (SP), foi oficializada na terça-feira (14/01).

No caso da Da Mata, ela está certificada na produção de etanol hidratado e anidro.

Leia também: 

China terá usina de etanol celulósico a partir de resíduos

Certificação no RenovaBio e CBIOs

Com a certificação, a Cerradinho e a da Mata tornam-se emissores primários aptos a emitir Crédito de Descarbonização (CBIO).

O CBIO será emitido em quantidade proporcional ao volume de biocombustível produzido.

Os CBIOs já podem ser comercializados na B3 (Bolsa) inicialmente junto às distribuidoras de combustíveis.

Além da Cerradinho e da Mata, a São Martinho (unidade de Boa Vista-GO) e a Vale do Paraná (com unidade em Suzanápolis-SP) também estão certificadas.

No total, 8 unidades produtoras estão certificadas no RenovaBio até na manhã desta sexta-feira (17/01).

Fora as 4 unidades sucroenergéticas, estão certificadas as unidades de biodiesel da JBS de Lins (SP), as da BSBIOS em Passo Fundo (RS) e em Marialva (PR) e a da Olfar em Porto Real (RJ).

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram