fbpx

São José da Estiva encerra safra com moagem 16% maior

Confira os dados de produção da unidade

[Atualizado às 14h05 de 25/11]

A Usina São José da Estiva, com unidade produtora em Novo Horizonte (SP), encerra a safra 2019/20 com moagem de cana-de-açúcar 16% superior a do ciclo anterior.

O processamento de cana na 19/20 chegou a 3,213 milhões de toneladas, contra 2,761 milhões na temporada 18/19.

Para a safra 20/21, a Estiva pretende chegar a 3,5 milhões de toneladas.

Produção

Já a produção de etanol na 19/20 chegou a 193,3 mil metros cúbicos. Na 18/19, foram 165,3 mil m3.

Para a 20/21, a meta é produzir 202 mil m3.

Açúcar

Em produção de açúcar, na 19/20 a Estiva alcançou 2,393 milhões de sacas. Foram 2,023 milhões de sacas na 18/19.

Já para a 20/21, a unidade prevê alcançar 2,6 milhões de sacas.

Segundo Marco Antonio Toledo, gerente da Divisão Industrial da Estiva, a safra 20/21 está prevista para começar em 01 de abril.

Resultados operacionais

Os resultados da safra 19/20 da Estiva refletem diversas ações operacionais na área industrial.

Na última entressafra, implantou regeneradores de calor em sua planta.

Isso permitiu retornos importantes na safra, encerrada neste novembro, como maior exportação de energia elétrica e venda de bagaço excedente.

Dando continuidade à essas ações, haverá foco em melhorias nos sistemas de resfriamento de água, que serão readequados para as demandas térmicas atuais.

Da esquerda para a direita: Josias Messias, Marco Antonio Cardoso de Toledo, Bruno Damascena, Vander Gimenez e Edgar Tsunoda (Foto: Divulgação)

Haverá, inclusive, a implantação de um condensador evaporativo.

Na área de processo de produção de açúcar, a Estiva deverá eliminar gargalos, visando aproveitar todo o potencial de moagem.

Isso se faz necessário, principalmente em decorrência da maior disponibilidade de cana a ser processada na safra 2020/21 (3,5 milhões de toneladas).

A diretoria da Estiva entende que a eliminação de gargalos é a forma mais econômica para se obter produtividade.

Haverá, ainda, investimentos em decantador para caldo, aquecedores, readequação da evaporação, melhorias nos sistemas de bombeamentos, etc..

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X