JornalCana

Usina Santa Terezinha inova ao integrar venezuelanos em sua equipe de trabalho

Compromisso social e inclusão marcam a contratação de migrantes para fortalecer as operações da empresa

(Divulgação)

A Usina Santa Terezinha, com sede em Maringá – PR, avança em seu compromisso com a responsabilidade social ao dar as boas-vindas a migrantes venezuelanos para reforçar sua equipe operacional.

O projeto pioneiro, que conta com a participação de 15 famílias, totalizando 65 pessoas, e 18 contratados através da modalidade Vaga de Emprego Sinalizada da Estratégia de Interiorização, representa um marco significativo na trajetória da empresa.

O grupo inclui 34 crianças e adolescentes, entre 2 e 15 anos, refletindo o empenho da Usina Santa Terezinha em promover oportunidades e acolhimento para todas as faixas etárias. Essa iniciativa é resultado de meses de preparação e colaboração com a Força-Tarefa Logística Humanitária Operação Acolhida, uma resposta humanitária do Governo Brasileiro, e a Agência da ONU para as Migrações (OIM).

LEIA MAIS >“O etanol substituiu entre 1975 e 2022, 3,54 bilhões de barris de gasolina, afirma Plínio Nastari

A chegada dos trabalhadores venezuelanos ao Aeroporto de Curitiba – PR, provenientes de Boa Vista – RR, foi acompanhada por representantes da Usina Santa Terezinha, consolidando a parceria com a Operação Acolhida para receber migrantes no Brasil. O grupo seguiu para as cidades de Paranacity, Tapejara e Ivaté, na região Noroeste do Paraná, em três ônibus.

A empresa apresentou o projeto às três Prefeituras locais, visando garantir um acolhimento eficaz para as famílias, e as administrações municipais demonstraram grande receptividade à iniciativa.

As 15 famílias foram incluídas no benefício da empresa, recebendo casas em comodato, totalmente mobiliadas e equipadas com utensílios necessários para o dia a dia.

O processo inclui acompanhamento por assistentes sociais e a participação em projetos de integração na Usina Santa Terezinha.

LEIA MAIS > Fórum de diálogo empresarial do G20 é lançado no Rio de Janeiro

“Dessa forma, a jornada da empresa se torna uma história de inclusão, trabalho e produtividade, contribuindo para fortalecer ainda mais a rica diversidade étnica que caracteriza o país. A usina reafirma seu compromisso com o respeito às pessoas e a geração de empregos, destacando o papel crucial da diversidade na construção de uma sociedade acolhedora e culturalmente rica”, afirma a companhia.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram