fbpx

Usina Pitangueiras conclui fase de investimento em otimização energética

Claudemir Leonardo, gerente industrial, explica os destaques

Claudemir Leonardo, gerente industrial da Usina Pitangueiras, em palestra no evento ProCana Sinatub

Claudemir Leonardo, gerente industrial da Usina Pitangueiras, explica os motivos que justificam o investimento  em otimização de energia elétrica.

“O etanol e o açúcar pagam a conta, mas é a energia quem sustenta o negócio”, disse o executivo nesta quarta-feira (25/09).

Ele apresentou a palestra “Case Nova Termoelétrica da Usina Pitangueiras – Maior Exportação de Energia com uso de Biomassa” no primeiro dia do evento.

Promovido pela ProCana Brasil, o programa prossegue até nesta quinta-feira (26/09).

 

Clique aqui para mais informações sobre o 17º SINATUB CALDEIRAS, VAPOR E ENERGIA

 

Motivos da otimização

Em sua palestra, Leonardo destacou os motivos da otimização de investimentos em cogeração de excedente.

A Usina Pitangueiras comercializa 37 megawatts (MW), mas está apta a fornecer ao mercado 50 MW.

A empresa, disse ele, concluiu a Fase 1 do programa de otimização.

 

A Fase 1 é integrada por:

1 – Implantação de caldeira de alta pressão (67 kgf/cm2)

2 –  Aumento da capacidade nominal de geração de energia

3 –  Eletrificação (preparo/extração de caldo)

4 –  Evaporação em quadruplo efeito. A empresa já se prepara para o quinto efeito.

5 – Regeneração térmica.

 

Leia também: 

 

Lavador de gás em aço inox gera

lucro mesmo com 10 anos de uso

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X