fbpx
JornalCana

Usina implementa sistema de controle de ponto que oferece segurança e transparência

Quem conta os detalhes é o gerente corporativo de recursos humanos

A Usina São José da Estiva, de Novo Horizonte -SP, avançou no processo de transformação digital de sua área administrativa, especificamente no controle de ponto. A unidade produtora implementou nesta safra o sistema DT Faceum, disponibilizado pela Dimastec. Quem informa os detalhes é Bruno Lima, gerente corporativo de recursos humanos da usina.

“Começamos os testes em janeiro deste ano, no período de entressafra. Nesse período envolvemos aproximadamente 100 pessoas até que passamos a usar oficialmente o sistema em toda a empresa, envolvendo cerca de 1100 pessoas”, conta Lima. Segundo ele, a usina desejava fazer sua coleta de ponto via reconhecimento facial e obteve ganhos exponenciais através do DT faceum.

“Em primeiro lugar, o sistema oferece maior segurança na coleta de ponto, uma vez que usávamos crachá – nem era biometria. Queríamos certeza de que o colaborador que fizesse o ponto tinha realmente passado seu crachá e que não havia outra pessoa que passou a identificação por ele”, elenca.

Para Lima, a transparência no processo de localização onde foi feito o ponto foi outro ganho importante. “Queríamos saber se funcionário estava no local designado. Por exemplo, se o colaborador estava escalado para ir à frente de corte da cana de número um, não sabíamos com certeza se ele se deslocou para lá. Agora conseguimos delimitar onde e quando o colaborador registrou o ponto, se ele estava em movimento ou parado. Enfim, temos controle absoluto sobre isso”, destaca o gerente corporativo de RH da usina.

Ele acrescenta que agora não precisa mais imprimir os comprovantes de ponto, um benefício a mais para a empresa e os colaboradores. “Enviamos direto para o e-mail do funcionário, onde ele pode, inclusive, escolher se quer receber ao final do mês, ou ao final do dia, e até ao longo do dia”, explica.

LEIA MAIS > Bioeletricidade pode ajudar a salvar o Brasil da falta de energia

Bruno Lima, gerente corporativo de recursos humanos da usina

Quanto ao processo de implementação, Lima faz uma relevante avaliação. “Essa foi a questão que mais nos preocupou. Temíamos, porque era algo novo e nós estávamos em um processo de compartilhar mais responsabilidades com nossos líderes, que já ficavam com um celular da empresa, mas que era utilizado basicamente para comunicar algum apontamento de trabalho”, comenta.

Mas esse temor se transformou em segurança, graças à robustez do DT Faceum. Hoje os líderes da usina têm o app instalado em seus celulares e se tornaram – como diz o gerente corporativo de RH – os guardiões do controle do ponto. Benefício, que segundo ele, evita filas, aglomerações e pode ser realizado em qualquer lugar, horário e até off-line. “Sem contar que o sistema é simples e intuitivo tanto para o líder, quanto para o funcionário. Vale dizer, que a Dimastec foi excelente no processo de implantação dando um suporte de muita qualidade e atenção gerando em nós satisfação completa”, conclui Lima.

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram