JornalCana

Usina Ferrari é TOP 5 na utilização da Otimização em Tempo Real (RTO) na indústria bioenergética

Unidade produtora, localizada em Porto Ferreira (SP), está aprimorando eficiência industrial através de Laços Fechados

Localizada no interior de São Paulo, a Usina Ferrari recentemente alcançou uma posição de destaque ao ser classificada no TOP 5 de usuários da Otimização em Tempo Real (RTO), através da ferramenta S-PAA

A Usina Ferrari recentemente alcançou uma posição de destaque ao ser classificada no TOP 5 de usuários da Otimização em Tempo Real (RTO), através da ferramenta S-PAA. Este reconhecimento coloca a usina entre as mais inovadoras em seus processos industriais, refletindo o compromisso contínuo com a eficiência e inovação por parte de seus gestores e colaboradores.

A jornada para essa excelência começou no início da safra atual, marcada por um diálogo intenso com os operadores sobre a importância da tecnologia. “A estabilidade do processo é crucial para nós”, explica Eduardo Pini Greco, supervisor de produção. Ele destaca o esforço coletivo em aprimorar o uso das ferramentas do sistema, que resultou em um aumento significativo do tempo de aproveitamento dessas ferramentas desde sua implementação.

LEIA MAIS > Quais os benefícios de adequar os processos fermentativos utilizando a Otimização em Tempo Real

A introdução de laços fechados tem revolucionado seus processos industriais, estendendo-se da Embebição até o controle de fermentação. “Nós implementamos uma série de laços de controle, abrangendo desde o caldo até a fermentação”, afirma Eduardo Pini Greco, supervisor de produção da Usina Ferrari. Estes laços incluem o monitoramento e ajuste do caldo, vapor e pH, com um enfoque particular no controle da fermentação.

Um elemento inovador nesse sistema é o estabelecimento de um set-point específico, o ‘tempo de pátio’. Greco explica: “Baseamos esse set-point na média de entrada de cana das últimas duas horas. Isso nos permite ajustar a extração do caldo de acordo com a necessidade, otimizando a eficiência da moenda.” Este ajuste não só melhora o aproveitamento da moagem, mas também ajuda a prevenir interrupções desnecessárias, permitindo antecipar problemas operacionais.

LEIA MAIS > Ingenio La Cabaña eleva eficiência e exportação de energia com Otimização em Tempo Real (RTO)

A estratégia vai além da mera moagem. “Nosso sistema calcula a quantidade de ART permitida para a fermentação, prevenindo transbordamentos indesejados”, acrescenta Greco. Se houver previsão de esgotamento do pátio, a usina pode reduzir a moagem para garantir o suprimento contínuo de cana, assegurando a estabilidade do processo. Por outro lado, se o processo tiver capacidade excedente e ART disponível para evaporação ou fermentação, o sistema aumenta a entrada de cana, sujeito à disponibilidade no pátio. “Essa abordagem nos permite um controle detalhado e adaptativo, garantindo que estamos sempre na vanguarda da eficiência industrial”, conclui Greco, enfatizando o papel crucial da tecnologia.

Paulo Henrique Fantinatti, gerente industrial, complementa falando sobre a implementação do S-PAA e a ênfase na estabilidade da fermentação, que trouxe resultados notáveis. “Começamos a implantação dos laços no início desta safra, por volta de meados de junho, e progressivamente fomos expandindo. A implementação começou com o primeiro laço e se estendeu aos demais, seguindo o ritmo de desenvolvimento da usina”.

Ele destaca a importância dessa mudança: “Nosso objetivo primordial era aprimorar o controle e aumentar a estabilidade, especialmente na fermentação, que é uma área crítica para nós.” Em setembro, a usina alcançou um marco importante com a finalização do laço de fermentação, o último dessa série de implementações.

Os resultados desse esforço têm sido extremamente positivos. “Estamos muito satisfeitos com os resultados. A estabilidade que alcançamos no controle de vazão do mosto e na carga de ART da fermentação foi significativa”, relata Fantinatti. Este avanço demonstra não apenas a capacidade da usina de adaptar-se e evoluir com novas tecnologias, mas também o comprometimento da equipe em otimizar cada aspecto do processo produtivo.

A adoção da ferramenta pela Usina Ferrari transformou significativamente a experiência operacional, conforme relata Rodrigo Gallucci, encarregado de controle de produção. “Para alguém diretamente envolvido com as operações, como eu, a chegada do S-PAA foi uma verdadeira revolução”, afirma Gallucci. Através de um diálogo constante com supervisores e a equipe, eles conseguiram compreender a fundo como o S-PAA funciona, tornando-o um parceiro essencial nas operações diárias.

“Agora, temos uma grande vantagem operacional”, ressalta Gallucci. “Com o S-PAA, conseguimos antecipar problemas e lidar com oscilações que antes nos preocupavam”. Esse nível de previsibilidade e controle permitiu à equipe focar mais em melhorias contínuas e em estratégias de produção mais eficientes.

Gallucci enfatiza a mudança de paradigma trazida pelo S-PAA: “O sistema nos ajuda a programar ações antecipadamente, garantindo que alcançamos nossos objetivos diários com mais eficácia”. A capacidade do S-PAA em prever e ajustar automaticamente as operações resultou em um controle mais efetivo do processo, uma vantagem significativa para a Usina Ferrari em termos de eficiência e produtividade.

O reconhecimento da Usina Ferrari no ranking dos TOP 5 elaborado pela Soteica destaca não apenas seu compromisso com a inovação, mas também o papel vital de seus líderes na adaptação tecnológica. Douglas Mariani, engenheiro químico sênior e especialista de aplicação da Soteica, ressalta: “O trabalho inovador de Eduardo e Paulo foi decisivo na implementação do S-PAA, alinhando rapidamente o software às necessidades e objetivos da usina.”

Esse alinhamento estratégico entre a equipe da Usina Ferrari e a Soteica não só acelerou a adequação do modelo à realidade operacional, mas também assegurou que a ferramenta refletisse e executasse as estratégias operacionais desejadas pelos gestores de forma contínua. Essa conquista da Usina Ferrari exemplifica como a integração de tecnologia avançada e visão estratégica pode levar a grandes avanços na eficiência industrial.

Em vídeo: confira a entrevista com os profissionais da Usina Ferrari diretamente do COI da unidade produtora.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram