fbpx

Usina falida evita atravessadores e aumenta lucro com a venda de etanol

A administração judicial da Massa Falida da São Fernando Açúcar e Álcool adotou estratégia para ampliar a renda líquida com a venda de etanol.

Para aumentar o valor ao biocombustível, a Administração Judicial evita os chamados “atravessadores” e comercializa o produto diretamente com as distribuidoras.

Em 52 dias de administração judicial, contados no período de 9/07 a 31/07, a usina vendeu 25,7 milhões de litros de etanol, com faturamento bruto de R$ 38,6 milhões.

Controlada pela família Bumlai até a decretação da falência, há quase 100 dias, a unidade sucroenergética está localizada em Dourados (MS).

Conforme a DouradosNews, a administração judicial conseguiu ainda outras conquistas importantes, como a manutenção dos benefícios fiscais e deu o primeiro passo para retomar a outorga da Aneel para comercialização de energia elétrica.

A suspensão da outorga em decorrência de constantes descumprimentos contratuais diminuiu consideravelmente a capacidade de produção de renda.

Outro avanço ocorreu nas conversas com os produtores. Inicialmente a administradora nomeada pela Justiça enfrentou grande resistência por causa dos problemas do passado. Muitos rescindiram o contrato, mas outros acreditaram no novo momento e continuam apoiando.

“Estes estão recebendo a quota-parte da parceria impreterivelmente em dia”, afirma o advogado Rafael Vincensi, assessor jurídico da Administração Judicial para a DouradosNews.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X