fbpx

Usina em recuperação judicial amplia potência de termelétrica

O bagaço é a principal fonte das usinas de cana para gerar energia elétrica
O bagaço é a principal fonte das usinas de cana para gerar energia elétrica

A Usina Carolo S. A. – Açúcar e Álcool foi autorizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a ampliar a potência instalada de sua usina termelétrica (UTE), que funciona em anexo à unidade produtora de açúcar e etanol, em Pontal (SP).

Segundo a autorização, a UTE Bortolo Carolo passará de atuais 8 megawatts (MW) para 11 MW. O aumento se dará por meio da substituição da unidade geradora de 3 MW por unidade de 6 MW.

Com a adequação, a UTE da companhia sucroenergética passa a ser constituída por duas unidades geradoras com as seguintes potências: 6 MW (geradora 1) e 5 MW (unidade 2).

Conforme a Aneel, a UTE também registra potência líquida declarada de 3 MW e terá 50% de redução nas tarifas de Uso dos Sistemas Elétricos e de Distribuição (TUST e TUSD).

A redução aplicada incide tanto na produção quanto no consumo de energia comercializada pela termelétrica da usina Carolo.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X