fbpx

Usina doa 21 mil máscaras à população de Novo Horizonte

A distribuição levou em conta os públicos assistidos pelas secretarias municipais da Educação

Mais de 21 mil máscaras de tecido começaram a ser distribuídas na última semana de maio, em Novo Horizonte (SP). Promovida pela Prefeitura da cidade, a ação tem parceira da Usina São José da Estiva, com o objetivo de conter o avanço do novo coronavírus. Professores e gestores da Educação trabalharam como voluntários, arrematando, costurando, passando e embalando as máscaras.

A distribuição levou em conta os públicos assistidos pelas secretarias municipais da Educação, Assistência Social e Saúde. Os mais de 5,5 mil alunos da rede municipal de Educação estão recebendo as máscaras junto com o material didático para as aulas online. Na Saúde e Assistência Social, a distribuição levará em conta as famílias que são assistidas em seus serviços e grupos e aquelas que compõem os chamados grupos de risco, tais como idosos e doentes crônicos.

Defendida como uma das maneiras mais simples e com boa eficácia para impedir o contágio do coronavírus, as máscaras agora são obrigatórias em todo o país. Como nem todos têm condições de comprar as suas próprias máscaras, empresa, entidade e poder público se uniram para oferecer o maior número possível em doações.

“Esta foi uma ação que terá um grande alcance e nos deixou gratos por poder contribuir. Ela vai além da contribuição financeira e envolve um forte sentimento de solidariedade ao reunir a Usina Estiva e voluntários. União que leva esperança para nossa cidade”, apontou Sandro Cabrera, diretor da Usina Estiva.

Sandro reafirmou a importância de ações assim para reforçar na comunidade o entendimento de que algo está sendo feito, e que a diretoria da Usina não está poupando esforços para auxiliar a comunidade e região nesse enfrentamento.

Para a secretária da Educação de Novo Horizonte, Daisy Basaglia Almagro, a participação da Usina Estiva foi decisiva para se alcançar o objetivo que, com certeza, será imprescindível na luta pela proteção à saúde de todos, especialmente dos alunos da Rede Municipal. “Agradecemos e enfatizamos que a participação e a soma dos esforços do poder público, a ação de voluntários e de empresas como a Usina São Jose da Estiva foram fundamentais. São verdadeiros exemplos para o alcance de metas de proteção da população contra a COVID 19”, apontou Daisy.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

3 × 4 =

X