fbpx
JornalCana

Usina de cana da Odebrechet na Angola terá US$ 210 milhões extras

A usina de cana-de-açúcar Biocom, localizada na Angola e da qual o Grupo Odebrecht é sócio com 40% do capital, receberá aporte de US$ 210 milhões. Leia mais a seguir. 

Conforme divulgado pela imprensa angolana, a companhia sucroenergética deverá receber em 2016 os recursos financeiros a partir de contratos com bancos. O objetivo do aporte é investir na produção de biocombustíveis, açúcar e bioeletricidade.

biocomA Companhia de Bioenergia de Angola Ltda. (Biocom) inciou sua produção sucroenergética em maio de 2015, com a safra indo até março de 2016.

 

 

Saiba mais sobre a Biocom

  • A companhia sucroenergética está instalada no Polo Agro-Industrial de Capanda, na Província de Malanje, Município de Cacuso, numa área de 42.500 hectares dos quais 36.921 são agricultáveis e, segundo a empresa, 5.579 destinam-se a áreas de preservação permanente da vegetação nativa.
  • A produção de açúcar da Biocom destina-se ao mercado interno, a produção de energia elétrica tem como cliente a ENE (Empresa Nacional de Energia de Angola) e o etanol anidro será fornecido à Sonangol.
  • O projeto da Biocom é uma parceria entre o Estado angolano, através da Agência Nacional de Investimento Privado (ANIP) e Sonangol Holding, com 20% de participação e o grupo angolano COCHAN e a construtora Odebrech com 40% cada.
  • Com um investimento de 750 milhões USD, além da Biocom. Fazem parte do PAC, as fazendas Pedras Negras, Pungo Andongo, Quizenga e a Companhia de Alimentos de Malange. Possui uma área de 1.500 hectares para o plantio de feijão, mandioca e milho e prevê uma produção de 2.400 toneladas/ano de farinha de bombo.

Quem controla a Biocom:

  • 20% do capital – Sonangol
    Empresa estatal Angolana do ramo petrolífero que tem como objetivo principal a prospecção, pesquisa, desenvolvimento, produção, transporte, comercialização, refinação e transformação de hidrocarbonetos líquidos e gasosos e seus derivados, incluindo actividades de petroquímica;
  • 40% do capital – COCHAN
    Empresa líder em investimentos globais de capital em mercados de elevado potencial, actuando nos segmentos de comércio, agro-indústria e logística comercial;
  • 40% do capital – Odebrecht Angola Projectos e Serviços Lda
    Empresa angolana que actua na área de engenharia, agro-indústria, mineração e construção civil.

 

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram