fbpx

Usina de cana da Bolívia já está no novo bloco de países. O Brasil está de fora

O setor sucroenergético do Brasil, com 369 unidades em operação na safra 15/16, ainda não integra a Zona de Integração do Centro-Oeste Sul-americano (Zicosur), novo bloco de países vizinhos que foca nova forma de escoar produtos agrícolas pelo Oceano Pacífico.

Enquanto o Brasil está de fora, a Bolívia já tem usina de cana-de-açúcar devidamente cadastrada na Zicosur. Saiba mais a seguir. 

A companhia sucroenergética da Bolívia que se adiantou ao Brasil e já está devidamente credenciada pela Zicosur é a Guabirá S/A, nome da empresa Ingeno Azucarero Guabira.

Instalada no município de Santa Cruz de La Sierra, a Zicosur cadastrou-se no bloco Zicosur para operar açúcar cru, açúcar refinado e etanol.

Leia mais: Etanol brasileira ganha com escoamento pelo Oceano Pacífico 

A usina tem capacidade anunciada de produção de 65 milhões de litros de etanol por ano.

Leia mais: Usinas de cana focam criação de bloco de países

Corrida

A Zicosur representa os interesses de empresários da Bolívia, Argentina, Chile, Paraguai e Peru, além do Brasil. Para agentes especialistas em comércio exterior, é preciso correr para se cadastrar no bloco de países porque “tradicionalmente quem chega antes tem mais chances de fazer bons negócios.”

O etanol e o açúcar brasileiros poderão ser beneficiados com o transporte a partir do Oceano Pacífico, principalmente através dos estados do País vizinhos à Bolívia e ao Paraguai.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X