fbpx

Usina de biomassa de cana vence em leilão de fontes renováveis

MWh teve preço inicial de R$ 311

Bagaço de cana-de-açúcar: fonte da UTE vencedora (Foto: Arquivo/JornalCana)

Uma companhia do setor sucroenergético está entre os empreendimentos vencedores no 29º Leilão de Geração A-4.

Realizado nesta sexta-feira (28/06), o evento foi realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em parceria com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

O valor inicial do megawatt-hora (MWh) de biomassa foi de R$ 311.

Vencedora

A termelétrica sucroenergética que venceu no leilão é a UTE Sonora, localizada no município de Sonora, no Mato Grosso do Sul.

Segundo a CCEE, a UTE Sonora recebeu investimentos de R$ 50 milhões, tem potência instalada de 21,390 megawatts (MW).

A UTE é movida a bagaço de cana-de-açúcar e teve 79 lotes contratados. A receita fixa anual é de R$ 12,9 milhões.

O contrato tem 20 anos de prazo e a UTE iniciará a entrega da eletricidade em 2023.

 

Confira informações sobre a UTE vencedora:

Fonte: CCEE

Mais sobre o leilão

Segundo a Agência Brasil, o montante financeiro transacionado no leilão foi de R$ 2.644.783.137,43, chegando a 17.497.384,800 MWh – megawatt-hora.

O preço de venda médio por MWh foi de R$ 151,15. O preço marginal foi de R$ 201,11, com deságio de 45,03%. Foram 15 usinas vencedoras.

Para este leilão, o sistema de cadastramento da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) recebeu 1.581 projetos, totalizando 51,2 mil MW de potência instalada.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X