fbpx
JornalCana

Usina Cucaú inicia moagem de cana

Começou nesta quinta-feira(15/09) a moagem de cana-de-açú­car da Usina Cucaú, do Gru­po EQM, localizada no município de Rio Formoso, Zona da Mata Sul do Estado. A operação se estende até o fim do primeiro semestre de 2017 e vai gerar 6 mil postos de trabalho em três frentes: campo, indústria e transportes. De acordo com o químico Jean Cruz, ao todo, serão moídas 1,2 milhão de toneladas de cana, destinadas à produção de 2,2 milhões de sacas de açúcar (90% da cana) e 25 milhões de litros de etanol.

“É impressionante como a atividade de uma usina se mistura com os demais setores econômicos e com as cidades próximas. Em toda essa região, se cria um ambiente de otimismo na medida em que as pessoas percebem a economia se movimentando”, afirmou o presidente do Grupo EQM, Eduardo de Queiroz Monteiro. Além dos empregos diretos, calcula-se que mais de 20 mil famílias da região sejam beneficiadas.

Juntas, as 16 usinas em atividade em Pernambuco vão processar 13 milhões de toneladas de cana na safra 2016/2017, com produção estimada em 900 mil toneladas de açúcar e entre 320 e 350 milhões de litros de etanol, segundo o Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool de Pernambuco (Sindaçúcar-PE). A entidade também contabiliza cerca de 70 mil pessoas empregadas e 50 municípios beneficiados durante este período de moagem.

Solenidades

O início da moagem foi marcado por um dia de solenidades na usina com presença de figuras ilustres, como o ex-ministro Armando Monteiro Filho e o prefeito de Rio Formoso, Hely Farias. A quinta-feira começou com uma missa de ação de graças na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, no distrito Cucaú, celebrada pelo padre Frederico Gurgel, e foi seguida por discursos do empresário Eduardo de Queiroz Monteiro, do ex-ministro Armando Mon­teiro Filho e da diretora administrativa, Claudia Dantas.

No fim, o padre Frederico visitou vários setores da empresa e deu a sua benção.O ex-ministro Armando Monteiro Filho destacou a coragem do empresário. “Eduardo é um homem de muita coragem e muita competência para conduzir essa usina. De dez anos para cá, o Estado de Pernambuco viu várias usinas serem fechadas. A Cucaú está indo para mais uma safra em seus 125 anos”, frisou.

O presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar de Pernambuco (Sindaçúcar-PE), Renato Cunha, destacou a força da usina. “A Cucaú é uma empresa genuinamente pernambucana e realiza empregabilidade substancial. O setor gera em Pernambuco formalmente mais de 70 mil empregos. A Cucaú, além de injetar recursos em vários municípios de seu entorno, também cria oportunidades de trabalho que evitam migrações desordenadas para as cidades. Ela exerce um papel socioeconômico relevante na região”, disse.

Localizada em Rio Formoso, a Usina Cucaú, do Grupo EQM, vai moer 1,2 milhão de toneladas de cana, que serão destinadas à produção de 2,2 milhões de sacas de açúcar e 25 milhões de litros de etanol. Início dos trabalhos movimenta a economia da Zona da Mata Sul.

Fonte: (Folha de Pernambuco)

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram