JornalCana

Usina Clealco contrata ex-Raízen

O Grupo Clealco, controlador de três unidades sucroenergéticas localizadas nos municípios de Clementina, Queiroz e Penápolis, no interior do Estado de São Paulo, tem dois novos executivos.

Segundo divulgação da companhia, os novos executivos são Maurício Baldi, que assume a diretoria industrial, e Denise Francisco, diretora administrativa financeira.

Quem são eles?

Mestre em engenharia de produção e formada em engenharia química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Denise possui MBA em finanças pelo Ibmec, e especialização em mercado de capitais pela Fundação Getúlio Vargas.

Conforme a Clealco, a executiva deixou o cargo de diretora financeira no Petrocoque Group, empresa do setor petroquímico, para assumir a nova função na Clealco.
Tem passagens pela Usina Cerradinho e pelo Grupo São Martinho. Trabalhou também na Isolux e foi superintendente agribusiness e globais multinacionais no banco Santander.

Denise e Baldi reforçam a equipe do Grupo Clealco
Denise e Baldi reforçam a equipe do Grupo Clealco

Denise chega ao Grupo Clealco tendo como principal tarefa liderar a reestruturação organizacional e de processos, com foco na sustentabilidade da Empresa.

Quem é Baldi

Segundo a Clealco, Maurício Baldi atuava há mais de seis anos no grupo Raízen (Cosan), onde atualmente era gerente agroindustrial.

Teve passagem também pelo Grupo São Martinho. Trabalhou ainda nas multinacionais Dupont e Unilever.

Mestre em engenharia mecânica pela Unicamp, é engenheiro mecânico formado pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho (Unesp), especialista em gestão empresarial pela FGV, em finanças pela Unicamp, e em gestão e investimentos no setor sucroenergético pela Esalq.

Baldi terá como foco a reorganização dos processos industriais, buscando maiores ganhos de eficiência e custos.

Equipe

Os novos diretores chegam para somar à estrutura executiva do Grupo Clealco, já composta por Cássio Manin Paggiaro, diretor agrícola, e Gabriel Carvalho, diretor comercial.

A Empresa ainda está em busca de um novo CEO.

Para a safra 2015-2016, o Grupo tem como meta esmagar 10,7 milhões de toneladas de cana, e produzir mais de 802 mil toneladas de açúcar, 180 mil m³ de etanol hidratado, 119 mil m³ de etanol anidro, e 151 mil mwh de energia.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram