fbpx
JornalCana

Usina Carolo promove encontro com fornecedores e parceiros de cana-de-açúcar

A usina ampliou a capacidade de produção de etanol hidratado para a safra 2022/23

Prestes a completar 75 anos em maio, a Usina Carolo, localizada na cidade de Pontal em São Paulo, promoveu no dia 11 de março, um encontro com fornecedores e parceiros de cana-de-açúcar, com participação da Consultoria StoneX, que fez uma apresentação sobre as perspectivas do mercado de açúcar e etanol.

O encontro teve como objetivo promover uma maior integração entre a Usina Carolo e seus parceiros e fornecedores, visando os desafios para a safra 2022/23.

“A aproximação com os fornecedores e parceiros é muito importante, e possibilita uma atualização em relação às perspectivas do mercado, dando suporte para o planejamento de uma forma mais assertiva em relação aos desafios que virão. Espera-se uma próxima safra desafiadora, o time da Carolo está engajado, motivado, e continua contando com o apoio de todos os seus fornecedores e parceiros”, afirmou Roberto Morais, do time da Carolo.

LEIA MAIS > Acionistas definirão destino da Usina São Fernando na próxima sexta, dia 18

“A Carolo, conta com mais de 200 fornecedores e parceiros de cana-de-açúcar. Esse encontro possibilita dar um atendimento especial para cada um deles, a partir do momento que se possa entender o momento e a necessidade de cada um”, elucidou.

José Luiz Inácio Tomazela

Há dez anos fornecendo cana para a Carolo, José Luiz Inácio Tomazela, da região de Brodowski, foi um dos participantes do encontro. Tomazela, que fornece uma média de 70 mil toneladas de cana por ano safra, destacou o ótimo relacionamento com a usina. “Estamos investindo em adubação e sanidade física. Temos uma ótima relação com a Carolo. É muito bom esse entrosamento, eles são abertos aos fornecedores, e me sinto bem confortável na Carolo”, disse o produtor.

Ronaldo Donati, outro fornecedor de cana-de-açúcar, disse que há 60 anos sua família trabalha com a Usina Carolo, e destacou a proximidade com a usina, como fator importante, pois segundo ele, gera economia para os dois lados.

Safra 22/23

Ronaldo Donati

A usina ampliou a capacidade de produção de etanol hidratado para a safra 2022/23, concluiu a automatização das caldeiras, balança de entrada de cana-de-açúcar e outros processos industriais, implantou novos vestiários e estacionamento para os colaboradores e iniciou um processo de revitalização do ERP. Do ponto de vista de comercial, avançou no hedge do volume projetado de produção de açúcar exportável para o próximo ciclo.

LEIA MAIS > Portaria do MInfra garante mais eficiência no transporte de cana-de-açúcar e granéis

“Graças ao trabalho conjunto, da diretoria e assessores atuando junto a gestão, os processos vêm sendo bem conduzidos, de forma contributiva e caminha muito bem. A companhia completará 75 anos de história, o que muito orgulha parceiros, fornecedores e colaboradores, dada sua importância para o município de Pontal e região”, informou Roberto Morais.

Durante a apresentação da StoneX, o consultor Bruno Zanetti, tratou em linhas gerais dos cenários das últimas safras na região Centro-Sul, bem como traçou panoramas para a safra 2022/23.

Zanetti apontou que a tendência é que o mix permaneça açucareiro e avaliou que o reajuste dos combustíveis anunciado recentemente pela Petrobrás, será positivo para os produtores do setor sucroenergético.

 

 

 

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram