JornalCana

Usina Caeté se destaca na produção energética através da cogeração a partir do bagaço da cana

Sedics revelando que 87% da matriz energética são provenientes de fontes limpas e renováveis em 2023

Em um cenário energético marcado pela busca por inovação e sustentabilidade, o estado de Alagoas se posiciona como protagonista na transição para fontes renováveis, e a Usina Caeté desempenha um papel fundamental nesse contexto. Desde 1989, a Caeté exporta energia e assume o pioneirismo na área da produção de energias renováveis.

O diferencial da Usina Caeté reside na eficiente transformação de biomassa, aproveitando os resíduos do processamento de aproximadamente 30% da cana colhida para a produção de energia. Essa prática não só impulsiona a geração de energia renovável, mas também torna-se essencial para a oferta de alimentos e a geração de emprego e renda na região.

LEIA MAIS > Do sonho à realidade – Pindorama inicia testes de produção de etanol de milho e se torna a primeira usina flex do Norte-Nordeste do Brasil

Durante a safra 2022/23, a Usina Caeté, Matriz, localizada em São Miguel dos Campos, processou 2.170.000 toneladas de cana, resultando num total de 650.000 toneladas de bagaço. Por meio da central termoelétrica CESMC, a biomassa atendeu às demandas energéticas da indústria e da irrigação com um excedente de 80.000 MWh de energia exportada.

“Estamos extremamente satisfeitos em fazer parte desse movimento positivo em Alagoas. É fundamental estarmos em sintonia com a sustentabilidade, buscando incessantemente a eficiência energética e utilizando tecnologias de ponta para alcançar resultados operacionais superiores”, ressaltou Maurício Veras, gerente de Manutenção Elétrica da Usina Caeté.

LEIA MAIS >Tereos está com mais de 500 vagas abertas para a safra 2024/25

“A busca constante pela eficiência e o compromisso com a sustentabilidade são pilares fundamentais para a Usina Caeté. Nossos esforços não seriam possíveis sem a dedicação e expertise de toda a equipe. Agradeço a todos os colaboradores por sua contribuição valiosa e comprometimento com nossos objetivos sustentáveis. Estamos orgulhosos com o reconhecimento das atividades desenvolvidas e com a nossa atuação na construção de um legado de excelência e responsabilidade socioambiental”, comentou o gerente industrial da Usina Caeté, Matriz, Cláudio Tyrrasch.

Balanço energético

Recentemente, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (Sedics) divulgou os resultados do Balanço Energético de Alagoas (Beal) de 2023 revelando que 87% da matriz energética são provenientes de fontes limpas e renováveis.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram