fbpx
JornalCana

Usina Bioenergia do Brasil recebe proposta de R$ 277 milhões

Valor é maior do que o mínimo exigido, porém pagamento seria parcelado

Após abertura de envelopes de propostas, o leilão da Usina Bioenergia do Brasil, foi suspenso por 30 dias.

Com sede em Lucélia-SP, a usina que está em operação, formou uma UPI (Unidade de Produção Industrial) para a venda em leilão, na modalidade de entrega de propostas em envelope lacrado, a realizado no escritório do administrador judicial em Campinas. A venda é coordenada pela consultoria Datagro.

Atendendo a determinação do edital para alienação, publicado em 13 de outubro, a abertura das propostas foi realizada na quinta-feira, dia 18. Das duas empresas interessadas, apenas uma apresentou a proposta no prazo estabelecido pelo edital.  Foi a empresa Dong Thry Dong LTDA, que alegou na proposta ter adquirido, recentemente, uma unidade da Comanche Biocombustíveis, em Tatuí-SP.

Apesar de oferecer um valor acima do mínimo, de R$ 245 milhões, fixado no edital, a oferta apresentada de R$ 277 milhões, se daria de forma parcelada. Uma parcela de R$ 100 milhões a ser paga até 30 de janeiro de 2022 e uma segunda e última parcela no valor de R$ 177 milhões com pagamento previsto para dia 30 de março de 2022.

A Administradora Judicial, entendeu que a empresa proponente não atendeu os requisitos do edital pois não comprovou documentalmente que tem capacidade econômico-financeira e idoneidade negocial para apresentar proposta.

“Não houve apresentação de balanços da empresa demonstrando a sua atual situação, não houve carta de aval bancário, não houve uma a demonstração efetiva de que o proponente possui os recursos para fazer frente a aquisição. Também por se tratar de uma proposta parcelada, deveria ser levar então a uma reunião de credores para sua deliberação”, informou durante a audiência. Essa reunião deverá ocorrer dentro desses 30 dias.

1 milhão de toneladas

 Em plena operação a Usina Bioenergia do Brasil, localizada em Lucélia – SP, foi inaugurada em 1979, durante o Proálcool, e tem capacidade instalada para moagem de 10 mil toneladas de cana-de-açúcar por dia, 800 toneladas de açúcar, 600 m³ de etanol hidratado e 400 m³ de etanol anidro, além de 165 MWh diários. Esta safra deverá atingir a moagem de 1 milhão de toneladas.

A empresa possui um contrato de arrendamento com a Usina Floralco até 2038, com opção de compra e opção de rescisão sem ônus. As duas usinas juntas apresentam grande sinergia, formando um cluster com capacidade de moagem de 22 mil toneladas de cana por dia, capacidade de produção de 1.200m³ de etanol e de 1.400 toneladas de açúcar VHP por dia.

A estimativa inicial de moagem da Bioenergia do Brasil de 1,2 toneladas de cana na safra 2021/22, mas devido às geadas a estimativa atual é de moer 1.018.000 na temporada. A produção de açúcar VHP deverá ser de 80 mil toneladas e a de etanol, 30 mil m³ de etanol, sendo 10 mil m³ anidro e 20 mil m³ hidratado. A usina deverá exportar ainda 20 mil MWh de energia.

 

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram