fbpx

Último dia para se inscrever no Curso de Processos, Fermentação e Produção de Etanol

Curso acontece no dia 20 de setembro

Hoje é o último dia para se inscrever no 5º Curso de Processos, Fermentação e Produção de Etanol, que acontece em Sertãozinho (SP) no dia 20 de setembro. O curso apresentará sistemas e tecnologias inovadoras, casos e informações relevantes nas áreas de processos, tratamento de caldo, filtragem, fermentação, destilação e tratamento de vinhaça, visando o máximo aproveitamento da matéria-prima e de energia, redução de custos, melhorias na qualidade e otimização da produção de açúcar e etanol, apresentadas e discutidas por gestores de usinas e especialistas da área.

Conheça cinco razões porque você deve participar deste curso:

Aprender a minimizar perdas e evitar incêndios em destilarias e tanques de etanol

Thales Barreto, presidente da Velho Barreto e Associados Consultoria e Projetos apresentará um sistema de prevenção que acaba de vez com a perda de etanol na estocagem, que a reboque dá fim aos incêndios causados nos tanques. “Minimização de perdas é um assunto comum, mas estamos fazendo um link entre a minimização de perdas com a prevenção de incêndio.

Saber como é o tratamento de caldo adequado para obter açúcar do Tipo 2 (Branco)

O consultor do Instituto de Tecnologia Canavieira, Alberto Shintaku mostrará quais são os cuidados que devem ser tomados pelo técnico de qualidade da usina durante o processo de tratamento de caldo que garantem açúcar de boa qualidade.

Conhecer o sistema de otimização online que fez com que uma usina do Paraná obtivesse 700 mil reais a mais de receita industrial

O engenheiro químico Douglas Castilho Mariani, da Soteica, apresentará o sistema que controla a temperatura da carga da dorna de fermentação e que gerou aumento do rendimento fermentativo  fazendo com que se consumisse menos insumos no processo. O resultado foi um ganhos da ordem de 700 mil reais em seu no processo de fermentação.

Entender como controlar e monitorar a contaminação na fermentação ao ponto de economizar 2,60 reais p/ m3 de etanol

A diretora técnica da Alsukkar, Eloisa Mocheuti Kronka, explicará como uma unidade produtora obteve redução de custo de 2,60 reais por metro cúbico de etanol. A técnica é preventiva e promete quebrar antigos paradigmas do processo de fermentação para produção de etanol em usinas de cana.

Descobrir a metodologia que reduzindo o uso de ácido sulfúrico diminuiu o custo do processo de fermentação da Usina Rio Pardo

O coordenador de produção da Usina Rio Pardo, de Cerqueira César (SP), Bruno Henrique Francisco mostrará como durante a safra 2016/17 e na atual 2017/18 usou um sistema que identifica alguns dos males que a dosagem excessiva de ácido sulfúrico causa na morfologia da levedura durante o seu tratamento. A aplicação do processo resultou em uma redução relevante no custo do processo de fermentação.

Não perca tempo. Faltam poucas vagas. Faça já sua inscrição!

Conheça a programação completa do curso e a forma de se inscrever acessando o site www.sinatub.com.br. Para mais informações fale com a Thaís.

Contato
Telefone: (16) 3512.4300
WhatsApp: (16) 99153.8690
E-mail: [email protected].

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X