fbpx

UE subsidia açúcar e prejudica países pobres

A indústria açucareira da Europa recebe uma ajuda de US$ 1,5 bilhão de contribuintes e consumidores o que lhe permita despejar milhões de toneladas de açúcar subsidiado no mercado internacional à custa de alguns dos agricultores mais pobres do mundo, informou ontem a agência de ajuda humanitária Oxfam. A British Sugar, uma empresa refinadora com sede em Peterborough, é uma entre a meia dúzia de empresas que estão obtendo maciços lucros graças a um contrato de preço fixo estabelecido por Bruxelas que paga pelo açúcar aos agricultores e às empresas até o triplo do preço mundial. (O Estado de SP)

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X