fbpx

Três premiados da nova geração de executivos das usinas de cana

Eles recebem o troféu no dia 9 de dezembro. Evento terá transmissão ao vivo

O êxito da sucessão leva prêmio no MasterCana Brasil 2020

Os desafios da sucessão familiar são muito comuns e compõem um dos aspectos mais importantes para a sustentabilidade e perenidade de qualquer segmento. Ao passo que, examinando o setor sucroenergético, é possível diagnosticar que é alto o volume de grupos e usinas familiares. O que nos leva a seguinte questão: como vai a formação da nova geração de executivos das usinas de cana?

Essa resposta é encontrada observando as últimas safras, que revelaram grupos e usinas que estão obtendo resultados positivos, tanto na sucessão, quanto na governança. Companhias que entenderam os conceitos que envolvem uma sucessão familiar e governança corporativa eficiente e que geraram para o setor um bom benchmarking.

Esse trabalho bem-sucedido não passou despercebido pela Comissão Julgadora do Prêmio MasterCana Brasil 2020, que considerando os conceitos mencionados acima, elegeu três profissionais da nova geração de acionistas de usinas para levantarem na noite de 9 de dezembro, o troféu MasterCana na categoria JornalCana NEXT. Saiba agora, quem são eles:

1 – Gastão de Souza Mesquita Filho, assistente de Diretoria na Cia. Melhoramentos Norte do Paraná

Para apresentar o primeiro laureado e exemplo bem-sucedido de sucessão familiar temos que ir até o norte do Paraná, na Companhia Melhoramentos. Com mais de 90 anos de história, a Melhoramentos conta com Gastão de Souza Mesquita Filho como herdeiro que assistente à diretoria. Mesquita Filho faz parte da família fundadora e demonstra na prática os benefícios da descendência.

Ele explica: “Uma empresa tem inúmeras vantagens quando membros da família acionista participam de sua gestão, mas se os princípios da governança corporativa não estiverem presentes no dia-a-dia da companhia, praticados por acionistas e gestores, essa vantagem competitiva pode se tornar um enorme problema. Quantas histórias não conhecemos de empresas que foram destruídas por conflitos, velados ou abertos, entre acionistas, desvios de finalidade, confusão patrimonial, etc.”, elucida Gastão.

2 – Luca Giobbi, diretor administrativo financeiro da Usina Sonora

“Uma empresa não consegue sucesso sozinha e o trabalho em equipe é um dos pontos fundamentais para alcançar o êxito. Para o bem estar do ambiente corporativo é preciso além de remuneração e benefícios, investir no relacionamento interpessoal. Na pirâmide do meio profissional, líder e liderado desenvolvem um papel estratégico para a conquista de objetivos e crescimento tanto na empresa quanto na área pessoal”, essas são as premissas citadas por outro bom exemplo de sucessão.

Trata-se do diretor administrativo da Usina Sonora, Luca Giobbi, que está em constante busca para aperfeiçoar sua liderança e gestão. Dentre as ações proativas do profissional, destaca-se o Programa “Café com a Liderança”. Este Programa tem como objetivo, estreitar cada vez mais a comunicação em nosso ambiente de trabalho, fortalecendo o clima organizacional.

3 – Rafael Ometto do Amaral, engenheiro de produção da Usina Santa Lúcia

Em 1940, Jerônimo Ometto comprou parte da Fazenda São Joaquim, em Araras (SP), e assim nasceu a Usina Santa Lúcia. Atualmente, a terceira geração da família está no comando e a quarta geração inicia a jornada profissional para a futura sucessão. “As sucessões fazem parte de empresas familiares e têm uma importância enorme no negócio: manter a essência e promover mudanças para a sobrevivência da empresa nos novos tempos”, afirma Rafael Ometto Do Amaral, engenheiro de produção da companhia.

Ele revela que a estratégia que a Usina Santa Lúcia sempre seguiu, e que faz parte de sua cultura, é o crescimento constante e seguro. “Em um ano de crise não podemos deixar de crescer e em um ano de bons ventos precisamos ter sabedoria e caminhar com parcimônia, para que em momentos inesperados, tenha-se maior tranquilidade em atravessá-los e seguir evoluindo”. Amaral, é mais um exemplo bem-sucedido e, premiado, de sucessão familiar.

Os três profissionais receberão a láurea em 9 de dezembro, durante o cerimônia do Prêmio MasterCana Brasil, que nesse adaptou-se frente aos desafios provocados pela Covid-19. Ao passo que a cerimônia terá modelo híbrido: presencial e online. Os detalhes foram pensados para permitir que os expectadores tenham a mesma experiência marcante, só que virtual. O evento poderá ser acompanhado, ao vivo, através de um ambiente virtual desenvolvido exclusivamente para o evento através do link: www.mastercana.com.br. 

O evento conta com o patrocínio das empresas:
  • Axhiom Sistemas Inteligentes — mais inteligência nas suas máquinas e operações agrícolas.
    Chegou o CBI, o computador de bordo inteligente da Axhiom.
  • Dimastec –  Conheça a solução DT Faceum | Dimastec via App com reconhecimento facial e IA. Um revolucionário aplicativo que leva mobilidade à marcação do ponto onde quer que o colaborador esteja. DT Faceum é mobilidade total.
  • GDT by Pró-Usinas– Reduza os custos e o riscos na gestão de terceiros da sua usina! O software GDT de Gestão de Documentação de Terceiros, totalmente Saas, automatiza o fluxo de auditoria e validações, cabendo aos terceiros a tarefa de alimentar as informações e documentos no sistema.
  • S-PAA Soteica – Software de Otimização em Tempo Real presente em mais de 50 usinas, que maximiza a cogeração e a eficiência industrial, gerando ganhos superiores a R$ 1/tc. Saiba mais no site www.usina40.com.br
Apoio:
  • Agritech – 1160 TURBO – O Trator que você esperava
  • CTC – Centro de Tecnologia Canavieira – Plante certezas!
  • Telog – Soluções Logísticas Integradas!

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

19 − 14 =

X