fbpx

Tecnólogo mostra como aumentar receita da usina produzindo biogás e biometano

Fertirrigação em lavoura do Grupo São Martinho

O assessor de tecnologia do Grupo São Martinho, Guilherme Barretto do Livramento Prado apresentará durante o Curso de Diversificação e Máximo Aproveitamento Agroindustrial, realizado pela ProCana/Sinatub no dia 18 de maio, em Sertãozinho (SP), onde o grupo está e pretende chegar em seu trabalho de desenvolvimento da produção de biogás e biometano. “Minha abordagem principal será dar uma visão geral do que o Grupo São Martinho enxerga com relação a produção de biogás, biometano e sua utilização”, reitera Prado.

Leia mais: Especialista industrial revela como operar usina de etanol de milho por 330 dias no ano

Para ele a vinhaça que atualmente é usada “in natura” na lavoura possui grande potencial de energia que pode e deve ser aproveitado através da biodigestão da vinhaça, que resulta no biogás e no biometano. “Com o biogás e o biometano, podemos gerar energia elétrica, substituindo parcialmente o diesel nos motores dos caminhões de cana, colhedoras e tratores e, injetar biometano na rede de gás natural”, explica o tecnólogo, acrescentando que estas são fontes oportunas para aumentar a receita financeira das usinas.

Leia mais: Engenheiro apresenta técnicas que garantem alto rendimento industrial

O curso já está com inscrições abertas. Para se inscrever, basta clicar aqui. Para mais informações, acesse: www.sinatub.com.br.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X