fbpx

Técnico fez controle de perdas industriais em duas usinas e obteve 91% de ART recuperado

Unidades da BP atuam com RTC acima de 94%

Por ser um conjunto de operações unitárias, que devem trabalhar de maneira equilibrada, respeitando as principais variáveis de processo pré-definida para transformar matéria prima em produtos de qualidade, o processo industrial deve ser produtivo, eficiente, com baixos custos e riscos controlados.

Leia mais: https://jornalcana.com.br/usina-de-goias-fecha-6a-safra-com-produtividade-acima-de-100-tch/

Controle de Processos

Guilherme Leira, da Support Engenharia, afirma que para alcançar este objetivo o método que mais se destaca na atualidade é o controle de processos. “Uma usina que trabalhe com boa eficiência perde em média, cerca de 12% do ART que entra em processamento. Independente se mói 12 ou 24 mil toneladas de cana/dia, a fábrica tem que trabalhar bem. E ela deixa de trabalhar com eficácia quando não está equilibrada, ou o projeto não oferece essa condição, ou porque os técnicos da área não conduzem o processo de forma adequada”, explica.

Leia mais: Biosev diz que está mudando mix de produção para favorecer etanol. O que isso significa para o setor?

ART Recuperado

Há alguns anos, através das orientações de Leira, os técnicos de qualidade duas usinas do Grupo BP Biocombustíveislocalizadas em Ituiutaba e Itumbiara, conseguiram controlar seus processos de perdas e aumentar a eficiência industrial de maneira que as unidades obtiveram 91% de ART recuperado. “Desde que aplicamos nossa metodologia de controle de perdas há quatro anos, essas unidades atuam com índices de Rendimento Total Corrigido (RTC) acima de 94%”, afirma.

Leia mais: [Opinião] Tecnologia nunca é demais

Leira, irá revelar todos os detalhes do processo de controle de perdas no dia 20 de setembro, durante o 5° Curso de Processos, Fermentação e Produção de Etanol, que acontece em Sertãozinho (SP).

O objetivo do curso é apresentar casos e informações relevantes sobre avanços técnicos e inovações tecnológicas nas áreas de processos, tratamento de caldo, filtragem, fermentação, destilação, desidratação e tratamento de vinhaça, visando o máximo aproveitamento da matéria-prima e de energia, redução de custos, melhorias na qualidade e otimização da produção de açúcar e etanol, apresentadas e discutidas por gestores de usinas e especialistas da área.

Para se inscrever ou saber mais sobre o curso acesse o site www.sinatub.com.br. Para mais informações fale com a Thaís.

Contato
Telefone: (16) 3512.4300
WhatsApp: (16) 99153.8690
E-mail: [email protected]

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X