fbpx

Tailândia corta imposto para veículos flex

O governo da Tailândia aprovou um corte de 20% na tributação imposta a veículos flex comercializados no país. Com a medida, adotada na terceira semana de julho, o Ministério de Energia quer aumentar o consumo de etanol na Tailândia em 14%, passando dos atuais 1,27 milhão de litros consumidos por dia para 1,45 milhão até o final deste ano.

O país lançou a mistura de 10% de etanol à gasolina (E10) em 2007, passando para o E20 em janeiro de 2008 devido ao sucesso do E10. Preocupações quanto aos altos preços do petróleo levaram o país a adotar o E85 no final de 2008.

Para o diretor executivo da União da Indústria de Cana de Açúcar (Unica), Eduardo Leão de Sousa, a decisão do governo da Tailândia ao cortar a tarifa dos veículos flex em circulação indica uma melhor compreensão pelas autoridades do país quanto aos benefícios econômicos, sociais e ambientais ligados ao uso do etanol.

O incentivo à produção de etanol na Tailândia, que está entre os cinco maiores produtores mundiais de açúcar, mostra que os países que cultivam cana de açúcar também estão interessados na produção de etanol. Atualmente, 100 países em desenvolvimento que já fabricam cana poderiam fornecer biocombustíveis para o mundo, avalia Sousa: “Esta medida, além de reduzir a dependência de importação de combustíveis fósseis, também gera empregos e renda no meio rural, ao mesmo tempo em que reduz os efeitos causados pelos gases de efeito estufa. Trata-se, portanto, de uma ação que beneficia a economia local, mas com impactos positivos globais”, completou.

Segundo pesquisa de opinião pública realizada ontem, pela Universidade Suan Dusit Rajabhat e pelo Ministério de Energia tailandês, a maioria dos participantes considera que o E85 (mistura de 85% de etanol e 15% de gasolina) é o combustível alternativo ideal para o país, já que ajuda a reduzir a poluição e a gerar mais empregos para os agricultores. No entanto, uma minoria ainda se preocupa se os automóveis podem rodar perfeitamente com o combustível e se os preços do E85 podem aumentar no futuro.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X