fbpx
Navegação na tag

matriz energética

Certificado é dado às empresas produtoras de energia limpa e renovável, produzida a partir da biomassa da cana

Tereos recebe certificado Energia Verde da UNICA

As sete unidades da Tereos Açúcar & Energia Brasil receberam na última quinta-feira (4), durante o 'Webinar Sustentabilidade Ambiental, Bioeletricidade e o Selo Energia Verde', o Certificado Energia Verde, concedido pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) para empresas produtoras de energia limpa e renovável, produzida a partir da biomassa da cana-de-açúcar, e para consumidores de…
Leia mais...

Medida obrigatório passou a valer na última segunda-feira (1º)

Mistura de biodiesel ao diesel agora é de 13%

O diesel de origem fóssil passou a ter adição obrigatória de 13% de biodiesel, em substituição aos 12% em vigor desde março de 2020, desde a última segunda-feira (1º). A medida está prevista na Resolução 16, de 2018, do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), que autoriza a Agência Nacional do Petróleo (ANP) a elevar esse percentual até 15%, o que deverá ocorrer em 2023. Cabe também à…
Leia mais...

WWF-Brasil afirma que o biocombustível pode reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 77%

Etanol é solução de curto prazo para reduzir emissões em Fernando de Noronha

Conhecida como "a esmeralda do Atlântico brasileiro", Fernando de Noronha começa a dar os primeiros passos para implementar o projeto "Noronha Carbono Zero", que tem por meta limpar a matriz energética da ilha. Entre as três ações imediatas previstas, a adoção de veículos elétricos será efetivamente a primeira a passar à prática, pois já está regulamentada por lei. Só que, isolada, esta…
Leia mais...

País vai participar de iniciativa que visa acelerar uso de energia limpa  

ONU reconhece Brasil como líder em energias renováveis

A Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou nesta quinta-feira, os países escolhidos para liderar o Diálogo de Alto Nível das Nações Unidas sobre Energia, em processo que deverá culminar em setembro próximo, à margem da abertura da Assembleia-Geral, em Nova York. O Brasil foi selecionado como país líder no tema da Transição Energética, um dos eixos centrais da iniciativa. O Diálogo de Alto…
Leia mais...

Afirmação é do deputado Arnaldo Jardim

Pandemia acelerou a incorporação definitiva da sustentabilidade

Uma das consequências da Covid-19 será a incorporação definitiva da sustentabilidade na forma de produzir das empresas, bem como na definição das políticas públicas nos níveis federal, estadual e municipal. É o que acredita o deputado federal Arnaldo Jardim, presidente da Frente Parlamentar pela Economia Verde, da Frente parlamentar em Defesa do Setor Sucroenergético, membro da Frente…
Leia mais...

Cronograma estabelecido prevê que no dia 1° de março de 2021 será adotado o B13

MME ratifica apoio ao Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel

O Ministério de Minas e Energia (MME) publicou nota ratificando o apoio ao Programa Nacional de Produção Biodiesel (PNPB) e Uso do Biodiesel e à Política Nacional de Biocombustíveis (Renovabio) O PNPB foi estabelecido inicialmente pela Lei nº 11.097, de 13 de janeiro de 2005. Na sequência, foi publicada a Lei n° 13.033, de 24 de setembro de 2014, alterada pela Lei nº 13.263, de 23 de março de…
Leia mais...

Iniciativa conta com o apoio da Solidariedad

Raízen e alemã RWE estudam novo combustível para produção de energia

A Raízen anunciou uma parceria com empresa alemã RWE, uma das maiores geradoras de energia elétrica da Europa, para o desenvolvimento de uma nova fonte de geração de energia elétrica que utiliza o bagaço da cana-de-açúcar como matéria prima. Os pellets de bagaço podem ser utilizados como substitutos do carvão na geração de energia termoelétrica. Os testes deste novo produto estão sendo…
Leia mais...

Potencial de produção do produto até 2030, é de até 45 milhões de m3/dia

“O biogás é nosso pré-sal caipira”, diz ministro de Minas e Energia

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, destacou as vantagens e os impactos positivos do biogás e do biometano sobre o meio ambiente, especialmente para a qualidade do ar e para a saúde pública ao participar da inauguração da planta de biogás da Raízen, no dia 16 de outubro. “Houve a redução, em 96%, das emissões de gás carbônico com o uso do biometano a partir do biogás”, afirmou.…
Leia mais...

Fábrica tem capacidade para abastecer cidade como Araraquara (SP)

Bolsonaro inaugura primeira planta de biogás da Raízen

A Raízen inaugurou nesta sexta-feira (16), a sua primeira planta de biogás em evento presencial, que contou com a participação de lideranças do setor sucroenergético e autoridades, entre elas, o presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Com construção iniciada em 2018, a unidade é fruto de uma…
Leia mais...

MME publica novas portarias visando novas emissões

Debêntures incentivadas de biocombustíveis já somam R$ 13,3 bilhões

O Ministério de Minas e Energia (MME), publicou na última sexta-feira (4), no Diário Oficial da União (DOU), três portarias de enquadramento de projetos prioritários no setor de biocombustíveis, visando à emissão de debêntures incentivadas, que totalizam R$ 4,3 bilhões em investimentos. Desde outubro de 2019, já foram publicadas doze portarias, as quais, em menos de um ano, já somam R$ 13,3…
Leia mais...

Reunião aconteceu nesta quinta-feira (20), em Brasília

Setor sucroenergético vai a Mourão defender o etanol

A relevância do setor sucroenergético na pauta ambiental do país e a tarifa de importação de etanol foram alguns dos assuntos debatidos nesta quinta-feira (20), em um encontro realizado em Brasília, com o vice-presidente da República, Hamilton Mourão. Participaram da reunião, na qual defenderem o uso do etanol como melhor alternativa sustentável para o meio ambiente, André Rocha, presidente do…
Leia mais...

Brasil é um dos países com maior presença de bioenergia líquida na matriz de transportes

Produtos da cana responderam por 18% da Matriz Energética em 2019

As fontes renováveis de energia, que incluem bioenergia, eólica, hidráulica e solar, chegaram a 46,1% de participação na Matriz da Demanda Total de Energia de 2019 (ou Matriz Energética), aumentando 0,6 ponto percentual em relação ao indicador de 2018. O indicador brasileiro representa três vezes o mundial e foi divulgado nesta segunda-feira (20), na Resenha Energética Brasileira de 2020,…
Leia mais...

Parcela de energia renovável na matriz caiu em 2013

A participação de fontes renováveis na matriz energética brasileira encolheu de 42,3% em 2012 para 41% em 2013, de acordo com Balanço Energético Nacional (BEN) elaborado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE). A retração é explicada principalmente pela menor oferta de energia hidráulica, consequência das condições hidrológicas desfavoráveis, o que contribuiu para que a oferta de energia…
Leia mais...
X