fbpx
JornalCana
Navegação na tag

LGPD

Desafios da LGPD em 2022 para o setor bioenergético

Webinar JornalCana com: Eduardo Alvares Carraretto, advogado da usina Diana Luciano Lívino de Melo, riscos e conformidades, controles Internos e LGPD da Ativos Ricardo Nogueira Monnazzi, membro pesquisador e associado do Instituto Avançado de Proteção de Dados – IAPD-RP e sócio do escritório Monnazzi e Peruchi Advogados
Leia mais...

Especialistas apontam a necessidade de envolvimento de diversos setores da empresa, não se restringindo apenas ao departamento de TI

Sob risco de penalização, usinas precisam se adequar às normas de proteção de dados

O primeiro webinar promovido pelo JornalCana em 2022, trouxe como tema a necessidade das empresas do setor bioenergético se adequarem a LGPD. Não se trata de uma nova praga que ameaça a lavoura, nem de um novo fertilizante. Mas da Lei Geral de Proteção de Dados, que deve ser uma das pautas prioritárias das empresas neste ano de 2022. No início deste ano, a ANPD (Autoridade Nacional de Proteção…
Leia mais...

Apresentações serão feitas, ao vivo, hoje, às 19h

Representantes de usinas mostram como estão lidando com à LGPD

A LGPD (Lei Nº 13.709) disciplina um conjunto de aspectos: define categorias de dados, circunscreve para quem valem seus ditames, fixa as hipóteses de coleta e tratamento de dados, traz os direitos dos titulares de dados, detalha condições especiais para dados sensíveis e segmentos (como crianças), estabelece obrigações às empresas, institui um regime diferenciado para o Poder Público, coloca…
Leia mais...

O responsável por Riscos e conformidades, controles Internos e LGPD do grupo mostra os detalhes

Veja como a Atvos está lidando com a adequação da LGPD

Diante do desafio das usinas de se regularizar à Lei Geral de Proteção de Dados é importante ter um bom modelo para se espelhar. Nesse sentido, podemos observar como a Atvos está lidando com a adequação da LGPD.  LEIA MAIS > Usinas de cana precisam correr para se adequar à LGPD O grupo iniciou sua jornada de adequação em 2020, quando transitava na Câmara e no Senado a definição da data…
Leia mais...

Especialistas explicam as razões

Usinas de cana precisam correr para se adequar à LGPD

Usinas de cana precisam correr para se adequar à LGPD. O decumprimeto pode acarretar em duras punições, tais como bloqueio dos dados pessoais objeto da infração, além das multas, que podem chegar a 2% do faturamento da empresa ou até R$ 50 milhões por infração, sendo estas sanções bem impactantes. SAIBA MAIS > Usinas de cana que descumprirem a LGPD podem sofrer duras punições. Saiba o que…
Leia mais...

Especialistas informam quais são os desafios para a regulamentação e como superá-los

Usinas de cana que descumprirem a LGPD podem sofrer duras punições. Saiba o que fazer!

Usinas de cana que descumprirem a LGPD podem sofrer duras punições, tais como bloqueio dos dados pessoais objeto da infração, além das multas, que podem chegar a 2% do faturamento da empresa ou até R$ 50 milhões por infração, sendo estas sanções bem impactantes. O risco de infringir a lei, muitas das vezes, pode estar associado a outro prejuízo sofrido pelas usinas: os ataques cibernéticos.…
Leia mais...

Penalidades por não cumprir legislação podem ter efeito retroativo a agosto do ano passado

O cumprimento da LGPD é uma das prioridades das organizações em 2022

A adequação à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) é uma das pautas prioritárias das empresas neste ano de 2022, ao lado de temas como a implementação da agenda ESG. A LGPD ganha ainda mais destaque com a divulgação, por parte da ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados), agora no início do ano, das regras para a aplicação das penalidades determinadas na lei. Conforme previsto nas…
Leia mais...

Companhia tem o objetivo de se tornar referência no setor com boas práticas

Atvos trabalha na adequação à LGPD

A Atvos tem investido no entendimento da Lei de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) e vem se adequando para atender à nova legislação, já que desde o dia 1º de agosto desde ano estão em vigor as sanções da lei. A LGPD surgiu com a intenção de proteger as pessoas físicas para garantir a elas os direitos fundamentais de liberdade e privacidade, de forma a evitar o tratamento indiscriminado dos…
Leia mais...

Sanções da Lei já estão em vigor

Caeté promove evento para adequação à Lei Geral de Proteção de Dados

Atenta às novas normas exigidas pela Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), a Usina Caeté realiza nesta quarta-feira (4), um evento direcionado para todos os colaboradores da matriz e da Unidade Marituba, em Alagoas. O evento, que será acompanhado pelas plataformas digitais pelos colaboradores da Unidade Paulicéia, em São Paulo, será realizado em parceria com a consultoria do…
Leia mais...

Penalidades da Lei entram em vigor em 1º de agosto

Usinas se preparam para atender à LGPD

A Alcoolvale inicia em agosto, a Campanha Entenda a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). A ação faz parte do Programa de Comunicação Social da usina, que, por meio de textos e imagens ilustrativas no site, painéis de aviso, descansos de tela, cartazes e banners, vai informar e instruir os colaboradores sobre os seus direitos e deveres em relação à LGPD. Aprovada em agosto de 2018, a LGPD…
Leia mais...

Empresas do agronegócio também podem ser multadas

Penalidades da LGPD começam a vigorar no próximo domingo

A partir do próximo domingo (1) as penalidades previstas na Lei de Proteção de Dados Pessoais (LGPD - 13.709/2018) podem ser aplicadas. Aprovada em 2018, ela visa regulamentar o uso dos dados pessoais. Para o agronegócio, no entanto, a LGPD pode ser uma oportunidade para fortalecer ainda mais a relação de confiança entre produtores e organizações do setor, avalia o advogado e sócio do Martinelli…
Leia mais...

Legislação pretende reduzir risco de vazamento de informações de pessoas físicas

LGPD no agronegócio: a partir de 1° de agosto empresas podem ser multadas

A partir do dia 1º de agosto as penalidades previstas na Lei de Proteção de Dados Pessoais (LGPD - 13.709/2018) podem ser aplicadas. Aprovada em 2018, ela visa regulamentar o uso dos dados pessoais. Para o agronegócio, no entanto, a LGPD pode ser uma oportunidade para fortalecer ainda mais a relação de confiança entre produtores e organizações do setor, avalia o advogado e sócio do Martinelli…
Leia mais...
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram