JornalCana
Navegação na tag

eletricidade

Reconhecimento acontecerá em evento será realizado pelo CEISE Br, UNICA e RX Brasil

Comercializadoras e usinas serão homenageadas em seminário na Fenasucro & Agrocana 2023 

A União da Indústria da Cana-de-Açúcar e Bioenergia (UNICA), o Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis (CEISE Br) e a RX Brasil promoverão o tradicional Seminário sobre Bioeletricidade, em sua 13ª Edição, no dia 16 de agosto de 2023, das 14h às 17h. O Seminário terá por tema “A Bioeletricidade e o Biogás na Transição Energética”, contando com dois painéis de…
Leia mais...

Oferta à rede pela bioeletricidade em 2022 foram equivalentes a 48% da geração pelo Complexo Belo Monte em 2022

Biomassa passa térmicas a gás na geração de energia

Em 2022, a produção de bioeletricidade de biomassa em geral para a rede elétrica atingiu 25,5 mil GWh, representando 4,3% da geração total produzida no país, conforme levantamento divulgado pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar e Bioenergia (UNICA). O “Bioeletricidade em Números” – ano base 2022 está disponível no Observatório da Cana e Bioenergia.. Sem considerar a parcela da produção de…
Leia mais...

Atuação na comercialização de energia abrange mais de 40 grupos de usinas do setor sucroenergético, grandes geradores, consumidores e outras comercializadoras

Louis Dreyfus Company inicia operação de comercialização no mercado livre de energia brasileiro

A Louis Dreyfus Company (LDC), empresa que comercializa e processa produtos agrícolas, começou a operar no final do ano passado como comercializadora no mercado livre de energia brasileiro. Para atender a uma demanda crescente no país, a proposta da companhia é expandir a atuação do negócio de açúcar e etanol, abrangendo também a energia cogerada pelas usinas a partir da biomassa da cana.…
Leia mais...

Ponto de recarga rápida para veículos elétricos é parte de uma ampla rede que será implementada nos próximos meses na região Sudeste do país

Raízen inaugura primeiro eletroposto Shell Recharge no Rio de Janeiro

A Raízen inaugurou na sexta-feira (18) o primeiro eletroposto Shell Recharge no Rio de Janeiro, localizado no Posto Iate, em Botafogo, um dos mais tradicionais da marca na cidade. Esta é a terceira estação contemplada pela iniciativa no Brasil. A primeira foi inaugurada em junho deste ano em São Paulo e a segunda no dia 11 de novembro na cidade de Campinas, no interior paulista. Com…
Leia mais...

A expectativa é comercializar neste ano cerca de 3.000 unidades no mercado europeu

Ford Focus aposta no etanol como alternativa à eletrificação

A Ford é mais uma indústria automobilística a apostar no etanol. A nova geração do Ford Focus, o hatchback recém-reestilizado, começa a ser vendida no mercado europeu com motorização adaptada para consumir o biocombustível, que chegará às lojas em abril, começando pela Suécia. A novidade atende exigência de consumidores que buscavam por versões mais limpas e sustentáveis do Focus, mas não…
Leia mais...

Projeção é do MME e da EPE

Oferta de etanol deve chegar a 46 bilhões de litros em 2031

O Ministério de Minas e Energia (MME) e a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) divulgaram, nesta semana, estudo sobre oferta e demanda de biocombustíveis. O mais recente caderno do Plano Decenal de Expansão de Energia 2031 (PDE 2031) apresenta projeções que consideram os sinais positivos advindos do estabelecimento da Política Nacional dos Biocombustíveis (RenovaBio) e também desdobramentos…
Leia mais...

Impacto da escassez de água não se restringe à menor produção agrícola

Risco de apagão e racionamento de energia elétrica: de volta para o futuro?

Se Robert Zemeckis filmasse ‘De volta para o futuro’ no Brasil, a falta de água e os apagões seriam temas recorrentes da trama. A água é um recurso essencial para a vida de todos os seres vivos. No entanto, como boa parte dos recursos naturais, só ganha atenção junto à população e formuladores de políticas públicas quando o volume ofertado deixa de ser adequado, seja pelo excesso ou por falta.…
Leia mais...

Desde 2013, o setor sucroenergético produz bioeletricidade mais para a rede do que para o consumo próprio

Produção acumulada de energia gerada pela cana atenderia SP por 11 anos

O setor sucroenergético produziu 36.827 GWh de bioeletricidade, em 2019, o que representa crescimento de 1.392 GWh ou 3,9% em relação a 2018. A oferta de energia elétrica para a rede foi de 22.509 GWh, representando um crescimento anual de 4,3% e a geração para o autoconsumo das usinas sucroenergéticas foi 14.318 GWh, um aumento de 3,4% em relação a 2018, conforme consta de recente…
Leia mais...
X
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram