fbpx
Navegação na tag

bioeletricidade

Desde 2013, o setor sucroenergético produz bioeletricidade mais para a rede do que para o consumo próprio

Produção acumulada de energia gerada pela cana atenderia SP por 11 anos

O setor sucroenergético produziu 36.827 GWh de bioeletricidade, em 2019, o que representa crescimento de 1.392 GWh ou 3,9% em relação a 2018. A oferta de energia elétrica para a rede foi de 22.509 GWh, representando um crescimento anual de 4,3% e a geração para o autoconsumo das usinas sucroenergéticas foi 14.318 GWh, um aumento de 3,4% em relação a 2018, conforme consta de recente…
Leia mais...

Programa visa reconhecer e incentivar a ampliação da produção de energia através da biomassa da cana

Energia Verde tem 83 usinas e 12 comercializadoras certificadas em 2020

O Programa de Certificação da Bioeletricidade Energia Verde já certificou 83 usinas e concedeu o selo a 12 comercializadoras neste ano. O Certificado Energia Verde é concedido anualmente às usinas que geram energia elétrica utilizando materiais renováveis derivados da produção de açúcar e etanol, além de cumprirem requisitos de eficiência energética. O Energia Verde foi o primeiro…
Leia mais...

Confira o editorial do JornalCana Edição de Outubro de 2019

[Carta ao Leitor] Por que insistem em desvalorizar a eletricidade da cana?

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revisou suas projeções econômicas e estima crescimento de 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020. Anteriormente, a previsão era de alta e 2,1%. A estimativa atesta a confiança no crescimento econômico do Brasil depois de vivenciar crise acentuada a partir de 2015. Para embasar a estimativa, o Ipea leva em conta que a retomada hoje…
Leia mais...

Usina Pitangueiras saiu de um patamar de produção de energia de 25,2 MWh para 52 MWh e com capacidade instalada para gerar 70 MWh

Gerente industrial conta como usina aumentou sua exportação de energia em 117,6 % nesta safra

A Usina Pitangueiras, localizada no interior paulista, saiu de um patamar de produção de energia de 25,2 MWh para 52 MWh e com capacidade instalada para gerar 70 MWh. A ampliação da cogeração aumentou sua exportação de energia em 117,6 % nesta safra em relação à safra passada. Quem informa os números é Claudemir Leonardo, gerente industrial da unidade. De acordo com ele, esses resultados de…
Leia mais...

Usina apostou em aumentar capacidade de geração de vapor de 250 t/h para 270 t/h

Saiba como a SJC Bioenergia aumentou a média semestral de energia gerada em 1.038 MW

Em busca de máxima eficiência energética a Usina Rio Dourado, da SJC Bioenergia conseguiu aumentar sua média semestral em 1.038 MW, em relação a safra 2017/18. De acordo com Marcus Lages, gerente industrial da usina, na entressafra 2018/19, foram realizados investimentos em uma das caldeiras com o objetivo de aumentar a capacidade de geração de vapor de 250 t/h para 270 t/h. O especialista…
Leia mais...
X