fbpx

Syngenta anuncia venda de unidade de sementes de vegetais

A multinacional suíça de agroquímicos Syngenta anunciou hoje que pretende recomprar mais de US$ 2 bilhões em ações para impulsionar os retornos aos acionistas após rejeitar uma proposta de aquisição da Monsanto. Para financiar a recompra, a companhia pretende vender seu negócio de sementes vegetais.

syngentaEm nota, a Syngenta afirmou que irá devolver aos acionistas “significativos ganhos de capital” através do programa de recompra de ações que terá início nas próximas semanas. O anúncio fez as ações da companhia subirem.

A maior companhia de pesticidas do mundo está sob pressão para oferecer retornos maiores a seus acionistas depois de ter recusado, na semana passada, uma nova oferta de compra pela Monsanto, que elevou a proposta a US$ 47 bilhões.

John Ramsay, vice-presidente financeiro da empresa, disse esperar que os acionistas “apreciem” a decisão.

Segundo o executivo, se as medidas para elevar a rentabilidade e valor de ação falharem, outras opções estão sendo estudadas, como joint ventures e a possível saída das operações de sementes.

O negócio de sementes de vegetais da Syngenta gerou no ano passado vendas de US$ 633 milhões.

A divisão de sementes, como um todo, levantou interesse no mercado depois que a Monsanto afirmou que abriria mão desse negócio caso a aquisição da rival fosse concretizada.

A venda da unidade de sementes também permitiria à Syngenta se concentrar em negócios que oferecem margens maiores.

(Fonte: Valor Econômico)

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

X