fbpx

Stephanes defende aumento na adição de álcool à gasolina para 25%

Para tentar evitar que os preços do álcool continuem em queda no mercado interno, o Ministério da Agricultura pediu hoje encaminhamento dentro do governo para que a mistura de álcool anidro na gasolina seja elevada dos atuais 23% para o teto de 25%. “Temos informações a respeito da safra de cana e da produção de álcool que justificam o aumento do percentual do combustível na gasolina”, disse o ministro Reinhold Stephanes.

A expectativa do ministro é de que ainda no mês de junho a mistura volte a ser de 25% e interrompa a queda dos preços do álcool. Segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), na última semana os preços do álcool anidro recuaram 13,74% para R$ 0,76416 e atingiram o menor patamar desde setembro de 2005.

Inscreva-se e receba notificações de novas notícias!

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
X